Veja o que pode funcionar a partir de quarta (26) em Orobó

DECRETO Nº 26, DE 25 DE MAIO DE 2021

Suspende, provisória e excepcionalmente, as aulas presenciais das escolas estaduais e particulares, situadas no município de Orobó, pelo período de 26 de maio a 09 de junho de 2021, por razões sanitárias motivadas pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus covid-19, e dá outras providências.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE OROBÓ, sua Excelência o senhor Severino Luiz Pereira de Abreu, no uso de suas obrigações legais, de acordo com a Lei Orgânica do Município de Orobó/PE e,

CONSIDERANDO o crescente aumento de pacientes infectados pelo novo coronavírus – covid-19 em todo o município, ameaçando colapsar o Hospital Severino Távora, único da cidade, gerando enorme preocupação das autoridades sanitárias municipais que publicaram recentemente campanha de alerta sobre o caos sanitário que se avizinha, acaso medidas não sejam adotadas;

CONSIDERANDO que o município já teve 857 confirmados, com 19 óbitos; sendo, 113 casos em maio até a presente data e 75 casos confirmados apenas na última semana;

CONSIDERANDO que, em reunião realizada no dia 24 de maio de 2021, com a participação de instituições escolares estaduais: EREM Abílio Barbosa e EREM Profa. Rita Maria da Conceição, e com as escolas particulares, Escola Luz do Saber e Escola Nossa Senhora do Carmo, além de representantes da Secretarias Municipais de Educação, Assistência Social e Saúde, onde foi explanado sobre o agravamento da doença em nosso município e a necessidade premente de adoção de medidas por parte do Pode Executivo Municipal para estancar o crescente aumento de casos do covid-19, tendo sido solicitada a suspensão das aulas presenciais também das escolas estaduais e particulares;

CONSIDERANDO que o Decreto Municipal nº 01, de 06 de janeiro de 2021, prorrogou a situação anormal caracterizado como “Estado de Calamidade Pública”, em todo o município em face da pandemia do novo coronavírus;

CONSIDERANDO que o Governo do Estado via, Decreto nº 50.752, de 24 de maio de 2021, Estabelece Novas Medidas restritivas em relação a atividades sociais e econômicas, no período de 26 de maio e 6 de junho de 2021, para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus, estabelecendo quarentena para 12 municípios da Geres II, incluindo Orobó, em face do aumento de casos da doença na região;

CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer regras mais restritivas, em resposta ao agravamento da pandemia, por precaução e extremo cuidado com a saúde de nossa população;

DECRETA:

Art. 1º Ficam suspensas, provisória e excepcionalmente, as aulas presenciais das escolas estaduais e particulares situadas no município, pelo período de 26 de maio a 09 de junho de 2021, por razões sanitárias motivadas pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus covid-19 no município de Orobó.

Parágrafo único. Ficam igualmente suspensas pelo mesmo período as atividades recreativas, como jogos de futebol e futsal, entre outras modalidades coletivas. 

Art. 2º Permanece obrigatório em todo o município, o uso de máscaras pelas pessoas, mesmo que artesanais, nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus, táxis e demais veículos de transporte de passageiros.

Parágrafo único. Os órgãos públicos, os estabelecimentos privados e os condutores e operadores de veículos ficam obrigados a exigir o uso de máscaras pelos seus servidores, empregados, colaboradores, consumidores, usuários e passageiros.

Art. 3º O desempenho de atividades econômicas, sociais e religiosas no Município deve observar o uso obrigatório de máscaras, higiene, quantidade máxima e distanciamento mínimo entre as pessoas, inclusive em filas de atendimento internas e externas, devidamente sinalizadas, e as regras estabelecidas em normas complementares e protocolos sanitários municipais e estaduais.

Art. 4º Permanece vedada no Município a realização de shows, festas, eventos sociais de qualquer tipo, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes fechados ou abertos, públicos ou privados, inclusive em clubes sociais, hotéis, bares, restaurantes, independentemente do número de participantes.

Art. 5º O descumprimento do disposto neste Decreto poderá acarretar responsabilização dos infratores, nos termos da legislação existente.

Art. 6° As autoridades sanitárias municipais poderão requisitar, naquilo que for possível, o apoio da Guarda Municipal e da Polícia das regras baixadas por esse decreto e pelo DECRETO Nº 50.752, de 24 de maio de 2021 do Governo do Estado que estabeleceu novas medidas restritivas em relação a atividades sociais e econômicas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus.

Art. 7º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito de Orobó, 25 de maio de 2021; 93º da Emancipação.

SEVERINO LUIZ PEREIRA DE ABREU – Prefeito

>Do Blog do Edinho Soares
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Quarta, 26 de Maio de 2021 -07h24m)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>