Prefeitura de Goiana teve desvio de pelo menos R$ 2,5 milhões, diz Polícia

Depois de deflagrar na sexta-feira (12) uma operação para desarticular um grupo suspeito de desviar dinheiro público em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, a Polícia Civil informou, nesta segunda (15), que pelo menos R$ 2,5 milhões foram repassados para contas de funcionários fantasmas. Ainda de acordo com a corporação, parentes e amigos do responsável pelo desvio, o administrador da folha de pagamento do município, também eram beneficiados com salários mensais de até R$ 60 mil.

O delegado Tiago Uchôa, responsável pelas investigações da Operação Spectrums, afirmou que a corporação ainda apura o número total de pessoas envolvidas no esquema. “Estamos apurando quantas pessoas se beneficiaram ao todo. Sabemos que algumas das contas são de funcionários fantasmas, mas outras pessoas têm contrato com a prefeitura do município. Os parentes do administrador da folha também receberam valores”, comenta.

Ainda segundo Uchôa, o esquema foi descoberto por meio de denúncia recebida pelo Ministério Público em Goiana. “Quando eles encontraram uma irregularidade, pediram ajuda da Polícia”, explica. Em alguns casos, a quantia repassada a amigos e familiares chegava a R$ 60 mil por mês. “Os créditos eram depositados em dias diferentes, mas somando todas as quantias foi possível chegar a esse valor”, diz o delegado.

Depois das ouvidas, a polícia também investiga o material apreendido na última sexta (12). Tablets, computadores documentos e smartphones já passaram por análise e levaram a corporação a crer que a esposa, a sogra, a mãe, os irmãos, primos e algumas amigas do administrador também eram beneficiados pelo desvio de dinheiro.

A Polícia ainda investiga se o administrador da folha de pagamento do município é o chefe do esquema ou se tinha as ações coordenadas por outro indivíduo. “Ainda assim, há elementos que podem nos levar a pedir a prisão preventiva dele”, explica, citando os crimes de peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Até agora, a Polícia solicitou a prisão temporária do indivíduo. Na sexta (12), cinco outras pessoas também foram presas, totalizando três homens e três mulheres detidos. A operação aconteceu simultaneamente em Goiana e em João Pessoa, na Paraíba, onde foram cumpridos seis mandados de prisão temporária e de busca e apreensão.

—-

Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press
>Do G1 PE
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Segunda, 15 de Agosto de 2016 -12h53m)


Deprecated: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5523

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177