Nervoso, Sport perde do Flamengo e vê fim de invencibilidade de 30 jogos em casa

Após 30 partidas, o Sport voltou a sentir o dissabor de perder um jogo em casa. Até então dono da maior invencibilidade como mandante do planeta, o Leão caiu diante de dois adversários neste domingo, na Arena Pernambuco. Do Flamengo, melhor durante todo o jogo. E de um inexplicável nervosismo, frente um rival histórico, mas que até então não era direto neste Campeonato Brasileiro. Com isso, o Sport chega ao sétimo jogo sem vencer na Série A e com a vitória do Atlético-PR sobre o Goiás por 3 a 0, caiu para o oitavo lugar. Sua pior posição nesta edição.

Desde 1987, Sport e Flamengo possuem a maior rivalidade entre clubes fora dos seus estados e regiões. Rivalidade essa alimentada a cada nova polêmica. A última ocorrida no jogo entre os dois no Maracanã, no primeiro turno, com os pernambucanos reclamando de falta de “fair play” por parte dos cariocas no lance que originou o empate por 2 a 2. Por tudo isso, mesmo com os times fazendo campanhas distintas no Brasileiro, a Arena Pernambuco viveu um dia de panela de pressão. Pior para o Leão, que “pilhado” na emoção da torcida e excessivamente nervoso, foi dominado pelo rival durante a maior parte do jogo.

O gol do Flamengo, logo aos quatro minutos do primeiro tempo contribuiu ainda mais por isso. E fruto de uma falha recorrente da defesa do Sport: as bolas áreas. Após Pará receber com liberdade, Everton subiu também livre na pequena área leonina e estufou as redes de Danilo Fernandes.

Outro exemplo do estado de nervos de time e torcida do Sport aconteceu aos 12 minutos. Após o Flamengo colocar uma bola para fora de propósito para atendimento médico de um jogador, os torcedores do Sport, lembrando o jogo do Maracanã, pediram para o time não devolve-la aos cariocas, o que só foi feito após os donos da casa hesitarem por um momento.

Nas poucas vezes em que colocou os nervos no lugar, o Sport conseguiu criar. Mesmo com os homens de criação do time (Marlone, Diego Souza e Maikon Leite) apagados. E o empate só não veio graças a uma linda defesa de Paulo Victor em chute de Wendel e do travessão, em cabeçada de Matheus Ferraz. Porém, o nervosismo voltou a atrapalhar.

Aos 23 minutos, Samuel Xavier foi expulso após levantar a sola do pé na altura do joelho de Alan Patrick no meio de campo. Em lance completamente desnecessário. Com um a menos, o Flamengo voltou a dominar a partida. E só não ampliou porque Renê chegou antes de Kayke salvado um gol certo dos cariocas, após rebote de Danilo Fernandes.

Segundo tempo

No retorno para a etapa final, o técnico Eduardo Baptista queimou as suas últimas duas substituições, com André na vaga do Brocador e Élber substituindo Diego Souza, que por reclamação havia sido advertido com cartão amarelo. As mudanças não deram certo e o Sport passou a ter, além do emocional abalado, um deserto de criatividade no meio. Melhor para o Flamengo, que por pouco não amplia logo aos três minutos, com Kayke.

O único lance digno de registro do Sport no segundo tempo só veio aos 13 minutos. Em mais um exemplo de desequilíbrio de time e torcida, que xingou bastante o lateral Renê após colocar a bola de propósito para fora para atendimento do atacante Everton, do Flamengo.  Em campo, o jogador pedia mais vaias. E era atendido. Mas também seguia salvando o Leão, após travar chute de Alan Patrick, após erro de Rithely na saída de bola.

A essa altura, com o Sport totalmente entregue e com jogo completamente a seu favor, o Flamengo seguia criando como queria e perdendo gols incríveis, como o de Alan Patrick, livre e de frente para a meta, aos 40 minutos. E com Danilo Fernandes fazendo seu milagre habitual aos 39 em novo lance com Alan Patrick. Ficou barato.

Ficha de jogo:

-Sport
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Marlone (Ferrugem), Diego Souza (Élber) e Maikon Leite; Hernane (André). Técnico: Eduardo Baptista.
-Flamengo
Paulo Victor; Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros, Alan Patrick, Everton (Luiz Antônio); Emerson Sheik (Paulinho) e Kayke (Marcelo Cirino). Técnico: Oswaldo de Oliveira.
-Gol
Everton (4 min do 1º).
-Cartões amarelos
Diego Souza (S), Canteros, Kayke, Pará, Emerson Sheik, César Martins (F).
-Cartão vermelho
Samuel Xavier (S).
-Árbitro
Braulio da Silva Machado (SC).
-Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa -SP) e Carlos Berkenbrock (SC). 
-Público
34.939.
-Renda
R$ 1.149.020.
-Local
Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata/PE.

Próximos três jogos do Sport: 

22ª Rodada

-02 de setembro (qua) -22h -Couto Pereira (Curitiba)
>Coritiba x Sport

>23ª Rodada

-06 de setembro (dom) -18h30 -Ilha do Retiro (Recife)
>Sport x Santos

24ª Rodada

-10 de agosto (qui) -19h30 -Serra Dourada (Goiania)
>Goiás x Sport

>Do Diario de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Domingo, 30 de Agosto de 2015 -20h47m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177