Manifestação reuniu cerca de 50 mil pessoas em Boa Viagem

No final do protesto contra a presidente Dilma Rousseff (PT), no Recife, os organizadores calcularam em 50 mil o número de pessoas que participaram do evento. Os manifestantes caminharam da padaria Boa Vagem até o segundo jardim da avenida, entoando jingles contra a corrupção, os desvios de verba da Petrobras e a acusações direcionados ao PT e ao ex-presidente Lula (PT). A maioria das pessoas vestia camisas verde e amarela, exibindo a frase “meu partido é o Brasil”. A Polícia Militar informou que não divulgará estimativa de público.

O protesto foi organizado pelos movimentos Vem pra rua e Brasil livre e contou com a participação de políticos de partidos adversários ao governo Dilma. O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) destacou que é hora do povo ir para as ruas. “Ninguém suporta mais isso do empresário ao empregado. O país está semi-paralisado. Ou ela (Dilma) vai para renúncia ou chama para um entendimento ou ela vai resultar no impeachment”, ressaltou o peemedebista.

Também presente ao protesto, o deputado federal Mendonça Filho (DEM) destacou que as manifestações são resultado da revolta da população contra  “um governo que se reelegeu ilegitimamente, usando recursos públicos e enganando a população”, frisou. Os deputados federais Bruno Araújo (PSDB), Daniel Coelho (PSDB) e Raul Jungman (PPS), o deputado estadual Antônio Moraes (PSDB) e o vereador do Recife André Régis (PSDB) também acompanharam a mobilização.

Na avaliação de Gustavo Gesteira, um dos organizadores do movimento Vem pra rua, o evento ganhou mais força. “Foi um sucesso. Mais uma vez as pessoas voltam à avenida Boa Viagem para protestar contra governo Dilma e o PT”. Ele disse, ainda, que o grupo vai acompanhar de perto o julgamento das contas da gestão de Dilma pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Durante todo o protesto, os manifestantes gritaram frases de efeito à exemplo de “o povo unido jamais será vencido. A nossa bandeira jamais será vermelha” e “olé, olé eu vou pra rua derrubar o PT”. O protesto terminou por volta das 13h, com os participantes cantando o Hino Nacional, que também abriu a manifestação na voz da cantora Nena Queiroga. O proteste deste domingo aconteceu 23 anos depois do impreachment do ex-presidente e hoje senador Fernando Collor de Mello (PTB/AL).

Foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press
>Do Diario de PE

>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Domingo, 16 de Agosto de 2015 -15h13m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177