Mesmo com ação judicial, oposição promete paralisação para esta quarta

Os ônibus não devem circular no início da manhã desta quarta-feira (4), na Região Metropolitana do Recife. Apesar de uma ação judicial prometida pelo sindicato dos empresários do setor, Urbana-PE, a oposição à entidade que representa os motoristas, cobradores e fiscais promete parar a partir das 4h. Os veículos devem ficar nas garagens até as 10h.

O grupo é contra a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de suspender o reajuste concedido à categoria no julgamento do dissídio coletivo, há duas semanas, de 12% nos salários e 59,57% no tícket alimentação. Com a determinação federal, que é provisória e ainda aguarda julgamento, o aumento ficou para 9% nos dois itens. O Urbana-PE pediu à Justiça a redução do aumento sob alegação de que não poderia arcar com a despesa.

O líder da mobilização, o ex-rodoviário Aldo Lima, afirma ainda que pode fazer atos de rua. “Eles (os patrões) podem fazer isso dez vezes, porque o nosso protesto é legítimo e legal”, desafia. “Não é greve”, acrescenta.

O departamento jurídico do Sindicato dos Rodoviários recorreu da decisão e aguarda o julgamento, que ainda não foi marcado. O advogado Danilo Miranda lamenta, entretanto, que não há tempo hábil para suspender a decisão do TST antes de os rodoviários receberem o próximo salário, na próxima sexta-feira (7).

A manifestação, no entanto, não é reconhecida pelo sindicato, que fez uma passeata nesta terça-feira (4). “Espero que o Ministério Público responsabilize quem vai ficar por trás dessas ações, não o sindicato”, afirmou o presidente da entidade, Benilson Custódio. “Espero também que o sistema fique normal.”

O Urbana-PE promete entrar na justiça se houver paralisação. “Decidimos judicializar o processo novamente porque não há condições de os rodoviários continuarem fazendo paralisações quando bem entendem”, disse ao blog De Olho no Trânsito, do JC Online, Fernando Bandeira, presidente do Urbana-PE.

Os empresários também estão dando entrada numa ação de indenização contra o Sindicato dos Rodoviários, alegando um prejuízo de R$ 12 milhões pelos últimos três dias de paralisação – dois dias em julho e segunda-feira.

Foto: Edmar Melo/JC Imagem
>Do NE10
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Terça, 04 de Agosto de 2015 -18h40m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177