Gol de pênalti no fim salva o Sport diante do Avaí e Rubro-negro segue invicto na Série A

Foi por muito pouco. Diante do Avaí, neste domingo, no estádio da Ressacada, o Sport oscilou, caiu muito produção com relação ao que vinha apresentando. Perdia até os 47 minutos do segundo tempo quando André, com um pênalti salvador, empatou para o Leão: 2 a 2. A invencibilidade de 17 jogos em Série A foi salva. Agora, a equipe soma 18 partidas sem perder no Brasileiro, uma sequência iniciada em 2014. O quinto empate fora de casa pode ser comemorado como uma vitória para o Rubro-negro, diante das circunstâncias.

O Sport não fugiu às suas característica no início do jogo, tocando bem a bola e só indo ao ataque na segurança. Por jogar em casa, com a pressão da torcida, o Avaí foi forçado a sair mais para o ataque, mas parava na, até então, boa marcação do Leão. Nos primeiros 20 minutos, Renê ganhou o duelo com Nino Paraíba, no setor de campo mais movimentado – lado esquerdo do Rubro-negro e direito dos donos da casa.

Cirúrgico, o Sport fez um gol bem ao seu estilo, aos 21 minutos. Rapidamente, roubou a bola no meio-campo e ligou no lado esquerdo. Renê desceu bem e fez um cruzamento perfeito para Diego Souza, no meio dos zagueiros e aproveitando a saída ruim do goleiro Vágner, cabecear para o gol. Uma justa vitória para o Leão naquele momento, pelo controle da partida.

Inicialmente, o Avaí parecia ter sentido o gol sofrido. A torcida começou a fazer uma pressão negativa sobre o time – o goleiro Vágner chegou a ser vaiado, por conta do lance do gol. O Sport continuava fazendo o seu jogo, tocando a bola e até achando espaços para sair no contra-ataque. Mas tudo mudou a reta final do primeiro tempo, a partir dos 35 minutos.

Nino Paraíba passou a levar a melhor nos duelos com Renê e foi por aquele lado que surgiram os dois gols da virada do Avaí. Aos 37, o lateral direito cruzou, a bola passou por todo mundo até chegar a Renan, que finalizou para o gol. Aos 39, jogada semelhante, só que, desta vez, foi Samuel Xavier, em dividida com Anderson Lopes, que tocou contra o próprio gol. Em apenas dois minutos, o panorama do jogo era completamente diferente.

Segundo tempo
O Sport não voltou bem para o segundo tempo. O Avaí, que se encontrou no final da etapa inicial, seguiu dominando a partida, inclusive, criando chances de ampliar o placar. A marcação do Leão falhava e peças importantes como Rithely e Renê caíram demais de produção. Na frente, Marlone e Maikon Leite também produziam muito abaixo do que em outros oportunidades.

Eduardo Baptista tentou mudar taticamente a equipe, colocando Régis na vaga de Maikon Leite. A equipe ganhou em movimentação e posse de bola, com Diego Souza conseguindo aparecer mais. Defensivamente, porém, o Sport ficou exposto, principalmente, pela ineficiência dos laterais e dos volantes. O Avaí se tornava perigoso nos contra-ataques, mas não conseguiu criar nenhum lance de gol.

Foi um dia em que pouca coisa funcionou para o Sport. O segundo tempo foi muito abaixo do esperado. O Leão via o fim da invencibilidade de 17 jogos na Série A (10 na atual competição e sete do ano passado) de perto. Mas, nos acréscimos, aos 47, veio o lance salvador. Numa falta boba, Jubao derrubou André dentro da área. Pênalti marcado pelo juiz e convertido pelo próprio atacante. Um golpe duro nos donos da casa, que contestaram o lance e foram para cima do juiz ao fim da partida.

Ficha do jogo:

-Avaí

Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Jubal e Romário; Renan, Eduardo Neto e Tinga (Pablo); Anderson Lopes (Éverton Silva), William e Rômulo (Roberto).Técnico: Gilson Kleina.
-Sport
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Samuel), Marlone, Diego Souza (Rodrigo Mancha) e Maikon Leite (Régis); André. Técnico: Eduardo Baptista.

-Gols
Diego Souza (S) aos 21′ do 1ºT, Renan (A) aos 37′ do 1ºT, Samuel Xavier (A) contra – aos 39′ do 1ºT e André (S) aos 47′ do 2ºT.
-Público
8.116.
-Renda
R$ 81.450.

-Cartões amarelos
Anderson Lopes, Jéci, Vágner, William (A), Diego Souza, Régis e Danilo Fernandes (S).

-Cartão vermelho
Eduardo Neto (A).

-Árbitro
Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-FIFA).

Assistentes
Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Dibert Pedrosa Moises (RJ).

-Local
Ressacada (Florianópolis).

Próximos três jogos do Sport: 

12ª Rodada

-08 de julho (qua) -22h -Mineirão (Belo Horizonte)
>Atlético-MG x Sport

13ª Rodada

-12 de julho (dom) -18h30 -Arena Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
>Sport x Palmeiras

14ª Rodada

-19 de julho (dom) -16h -Arena Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
>Sport x São Paulo

>Do Diario de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Domingo, 05 de Julho de 2015 -12h32m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177