Professores grevistas terão descontos nos salários e não receberão reajuste em junho

O Governo de Pernambuco anunciou que os professores da rede estadual de ensino que aderirem à greve da categoria, retomada nesta sexta-feira (29), terão descontos nos salários equivalentes aos dias em que ficarem parados. A determinação consta em uma portaria conjunta das secretarias de Administração e de Educação, publicada no Diário Oficial do Estado da última quinta (28). Com relação à primeira progressão automática, proposta rejeitada pela classe e que resultou no recomeço da paralisação, o Executivo afirmou que “não serão beneficiados os professores grevistas”.

A medida propõe um reajuste de 7%, parcelado em três vezes até o fim do ano. A primeira progressão, de pouco mais de 2%, está prevista para junho. Os docentes não aceitaram porque querem 13,01%, em conformidade com a Lei do Piso Salarial. A portaria determina ainda que os que cruzarem os braços terão a data da sua remuneração postergada para o dia 5 do mês seguinte. Além disso, os profissionais que têm contratos temporários podem ter seus vínculos rescindidos, e os servidores lotados nas escolas de referência poderão ser transferidos para outras unidades de ensino.

Os docentes deflagraram o movimento pela manhã. À tarde, eles fizeram uma reunião em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para traçar os rumos da paralisação. Em seguida, a categoria se juntou aos manifestantes das Centrais Sindicais no ato promovido no Centro do Recife. A mobilização foi contra a Lei das Terceirizações e contra as Medidas Provisórias (MPs) 664 e 665. Conforme o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), ainda não há reunião marcada para dar início às negociações com o Palácio do Campo das Princesas.

Por meio de nota, o Governo do Estado lamentou a retomada da greve e apelou “aos docentes para que continuem em sala de aula, a fim de não causar prejuízos irreparáveis, principalmente, aos estudantes que estão prestes a realizar as provas do Enem [Exame Nacional do Ensino Médio]”. De acordo com a Secretaria de Educação, o primeiro dia do movimento teve adesão total da categoria em 11% das unidades de ensino. Em 20%, as atividades foram afetadas parcialmente. Já 69% das escolas tiveram funcionamento normal.

Foto: Reprodução / Internet
>Da Folha de PE

>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Sexta, 29 de Maio de 2015 -19h28m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177