Notificações de casos de dengue aumentam 150% no começo do ano em Pernambuco

Pernambuco registrou, entre os dias 4 de janeiro e 21 de fevereiro, 3.571 notificações de casos de Dengue (481 confirmações) em 115 municípios. O número representa um crescimento de 150,60% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram notificados 1.425 casos (431 confirmados). Em relação aos óbitos, quatro suspeitos estão em investigação, contra 15 suspeitos (12 confirmados) em 2014, uma redução de 73%.

Em relação à febre chikungunya, Pernambuco não registrou nenhum caso autóctone. Em 2014, foram quatro confirmações, todas importadas (veja dados abaixo). Em 2015, dos 48 casos suspeitos, 39 já foram descartados e 9 estão sob investigação. Entre os descartados, 14 deram positivo para dengue.

Desde o mês de novembro de 2014, quando foi lançado o Plano de Contingência da Chikungunya e da Dengue 2015, que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) vem se mobilizando para combater os casos de dengue em Pernambuco. Na área da assistência, estão sendo capacitados médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hospitais de grande porte, policlínicas, postos de saúde e profissionais da Estratégia Saúde da Família.

Em casos de suspeita de dengue, a coordenadora indica procurar imediatamente uma unidade de saúde. Para a área de vigilância, o Estado está realizando a distribuição dos insumos (larvicida) para os municípios fazerem o bloqueio de casos. A SES ainda faz o controle químico por meio de pulverização em apoio ao município.

Lacen
O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE) está organizado para realizar os testes para confirmação de dengue e chikungunya. No caso da nova doença, são dois os testes que podem ser realizados no laboratório, localizado no Recife. Um deles (PCR) consegue confirmar os casos já no início da enfermidade (até o oitavo dia). Além desse, há o exame sorológico para quando já há a infestação da doença no paciente. No caso da dengue, todas as 12 Regionais de Saúde fazem a sorologia para confirmação da doença.

Público
Na área de mobilização social, estão distribuídos à população e às unidades de saúde 4,2 milhões de cartazes e fluxogramas de atendimento aos pacientes, de folders e filipetas explicativos sobre a chikungunya e a dengue, além de spots de rádio para os municípios. Também foram montados 12 Comitês Regionais de Mobilização para Enfrentamento da Dengue e da Febre Chikungunya, além do comitê central, com reuniões periódicas para avaliar a situação das doenças e os planos de atuação.

Dengue
Doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. Seus sintomas são: dor de cabeça, nos músculos, juntas e olhos; manchas vermelhas no corpo e febre alta por cerca de uma semana; vômito, diarreia e falta de apetite. Nos casos mais graves, pode ocorrer dor abdominal intensa, tonturas, desmaios; sangramento nas gengivas, nariz e outros locais do corpo; suor frio, fezes escuras e vômito persistente.

Como tratamento, recomenda-se repouso, tomar muito líquido e não ingerir medicamentos com ácido acetilsalicílico (AAS e Aspirina). Ao menor sinal, procurar um posto de saúde mais próximo de sua casa.

Cuidados importantes para eliminar os focos dos mosquitos:

– Mantenha bem tampados caixas d’água, jarras, cisternas, poços ou qualquer outro reservatório de água.
– Mantenha as lixeiras tampadas e secas. Nunca jogue lixo em terrenos baldios.
– Coloque no lixo todo objeto que possa acumular água. O lixo deve ser colocado em sacos plásticos bem fechados.
– Lave os bebedouros de animais com uma bucha pelo menos uma vez por semana e troque a água todos os dias.
– Cubra e guarde os pneus em locais secos, protegidos das chuvas.
– Guarde as garrafas secas de cabeça para baixo e não deixe no quintal objetos que acumulem água.
– Encha os pratinhos de plantas com areia.
– Retire a água acumulada sobre a laje.
– Mantenha as calhas d’água limpas.

Foto: Divulgação
>Da Folha de PE

>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Quarta, 4 de Março de 2015 -22h35m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177