Sport volta a repetir erros, mas vence o Náutico por 1 a 0 com gol polêmico de Samuel

O Sport não foi novamente o Sport que, na teoria, tinha potencial para sobrar em campo. Não foi brilhante – longe disso até. Errou pontualmente, sobretudo no ataque. Em vantagem no placar, voltou a recuar e repetir erros no segundo tempo. Por vezes, previsível, ficou travado no seu intocável esquema tático. Ainda assim, fez em campo o suficiente para vencer o esforçado Náutico. Embora no limite e demonstrando evolução, o Timbu esbarrou principalmente nas próprias pernas. Mais precisamente, no abismo técnico, de qualidade. Foi basicamente por isso, e com um gol polêmico, que o Leão venceu por 1 a 0 o Clássico dos Clássicos deste domingo, na Arena Pernambuco.

Com a vitória, os rubro-negros se mantiveram na liderança do Estadual, agora com seis pontos. Com apenas um ponto, o Náutico divide a quarta colocação do Hexagonal do Título com o Salgueiro. O Sport volta a campo agora na próxima quarta-feira, contra o Coruripe-AL, pela Copa do Nordeste, na sua primeira partida do ano na Ilha do Retiro. No mesmo dia, o Náutico receberá o Serra Talhada, só que novamente na Arena e pelo Estadual. No pernambucano o Sport joga na próxima sexta, contra o Salgueiro no sertão do estado. O Náutico pela a copa do Nordeste joga no próximo sábado, contra o Moto Club-MA em São Luis.

O jogo

Embora o Sport tenha saído vencedor para o intervalo com a vantagem mínima, pode-se dizer que o primeiro tempo teve um quê de equilíbrio. Mesmo com um sistema defensivo deficiente, com os dois zagueiros por vezes batendo cabeça, o Náutico se desdobrou na marcação. Com a pequena, porém barulhenta torcida empurrando, foi eficiente enquanto pôde. Na frente, quase sempre esbarrou em uma muralha rubro-negra ainda mais sólida e principalmente no pior: na falta de qualidade técnica. O Sport, por sua vez, se não foi mal, esteve longe de soberano.

A partida começou com intensidade. No primeiro lance, Flávio falhou, Régis saiu de frente com Júlio César e Diego salvou travando o chute. Na jogada seguinte, o único vacilo leonino. Páscoa recuou sem força para Magrão e Josimar chegou travando. Foi por muito pouco. Discreto, Diego Souza teve duas oportunidades, aos 4 e 14 minutos. Na primeira, errou a cabeçada e, dez minutos depois, furou após grande bola de Régis.

Aos 26, no lance mais bonito e ao mesmo tempo mais polêmico da etapa, o Leão abriu o placar. O Sport trocou passe da defesa, foi avançando de pé em pé até a bola chegar novamente em Diego Souza, que chutou firme para grande defesa de Júlio César, no rebote Danilo furou e teria feito falta no goleiro, no bate-rebate a bola sobrou para Samuel, que mandou para as redes. Os jogadores alvirrubros reclamaram bastante do lance. Após o gol, o Timbu apresentou uma leve evolução, esboçou uma pressão, porém ficou somente na vontade.

O segundo tempo começou com uma retribuição de favores logo aos 7 minutos. Dessa vez, Diego Souza fez grande jogada na linha de fundo e passou para Régis. Livre, o meia mandou para fora. Aos 12, o mesmo Régis obrigou Júlio César a fazer grande defesa. Com a vantagem no placar, o Leão fez o mesmo em relação ao jogo com o Sampaio correu: parou de jogar e esperou o tempo passar.

Mesmo sob suas limitações, o Timbu cresceu. Aos 23, o zagueiro Flávio teve a melhor chance do jogo e mandou uma bomba para fora. Aos 33, mais um quase. Jefferson Nem mandou uma bomba e Magrão fez grande defesa. Os alvirrubros lutaram até o fim, chegaram a marcar um gol nos acréscimos com Gastón, mas o árbitro assinalou corretamente o impedimento.

Ficha do jogo

-Sport
Magrão; Vitor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely (Neto Moura, no intervalo), Rodrigo Mancha, Danilo (Ronaldo, aos 22’ do 2º T), Diego Souza e Régis (Elber, aos 29’ do 2º T); Samuel. Técnico: Eduardo Baptista.
-Náutico
Júlio César; David, Diego, Flávio e Gastón; João Ananias, Fillipe Soutto, Bruno Alves (Jefferson Nem, aos 34’ do 2º T) e Jefferson Renan (Patrick Vieira, aos 15’ do 2º T); Renato (Guilherme, aos 39’ do 2º T) e Josimar. Técnico: Moacir Júnior.
-Gols
Samuel (aos 26’ do 1ºT).
-Cartões amarelos
Régis, Rodrigo Mancha e Ronaldo (S); Diego e Gaston (N).
-Renda e Público
Não divulgados.
-Árbitro
Emerson Sobral (PE).
-Assistentes
Elan Vieira (PE) e Francisco Chaves (PE). 

-Local
Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. 

>Do Diario de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Domingo, 08 de Fevereiro de 2015 -20h37m)


Deprecated: O arquivo Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5579

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177