Debate estéril: pré-campanha presidencial enseja modernidade, mas mergulhou num mar conservador

 

Pres. da República

A pré-campanha presidencial vai sendo levada entre ataques, contra-ataques e busca por polêmicas que, quem sabe, podem garantir alguma manchete.

No que diz respeito a ideias e propostas, o terreno é infertil. Há um vazio que é refletido nas pesquisas de intenção de voto.

Além de evidenciar um recuo na popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT), os levantamentos revelam que há um claro desinteresse do eleitor.

Na Vox Populi/Carta Capital, divulgada no dia 16 deste mês, brancos e nulos somaram 15% e os que não sabem em quem votar ou que não responderam chegaram a 18%, totalizando 33%.

Dilma ficou com 40%, o senador Aécio Neves (PSDB) obteve 16% e o ex-governador Eduardo Campos (PSB) somou 8%.

psdb

Na pesquisa Ibope, divulgada no dia seguinte (17), brancos e nulos atingiram os 24% e os indecisos ou que não souberam responder representaram 12%. No total, esse universo corresponde a 36%.

Nessa sondagem, Dilma apareceu com 37%, Aécio ficou com 14% e Eduardo surgiu com 6%.

Entre os fatores que podem estar pesando na ausência de proposições que injetem algum ânimo no eleitor está a conduta dos próprios concorrentes.

De um lado, há uma presidente com agenda negativa, que se vira junto ao padrinho Lula na tentativa de minorar perdas eleitorais – prejuízos que, aliás, já começam a surgir na esteira de denúncias de má gestão na Petrobras.

De outro lado, os concorrentes que aparecem com maior peso nas pesquisas, são calouros na disputa do Planalto e, ao que tudo indica, esperam o desenrolar de fatos negativos dentro do governo para, quem sabe, tirar algum proveito.

dp

Em outras palavras, aguardam estragos decorrentes de eventuais protestos da população contra a Copa e o não-atendimento de reivindicações apresentadas no ano passado.

Há ainda variáveis ligadas à economia com potencial de uso eleitoral – aumento da inflação, de tarifa de energia, etc…

Em suma, nem Dilma apresenta um discurso capaz de lhe assegurar a recuperação de terreno, nem seus oponentes tomam a iniciativa de formular uma agenda de projetos e ações – exequíveis – com o poder de angariar a simpatia do eleitorado.

Há um conservadorismo modorrento que pode ser observado em falas que ensejam modernidade, mas que, na verdade, estão cercadas de práticas antigas por todos os lados.

Além disso, a volta de temas que jogaram a campanha de 2010 na perigosa vala da moral/religião – caso do aborto – atestam a esterilidade das águas em que a campanha foi mergulhada.

>Do Diario de PE
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Qua, 23 de Abr. de 2014 -21h08


Deprecated: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5523

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177