Em jogo de arbritragem polêmica, Sport vence o Santa e é finalista do Nordestão

A  vantagem de 2 a 0 construída no jogo de ida pelo Sport não poderia jamais ser desprezada ou tratada como um pormenor. O favoritismo existia. Nesta quarta-feira,  os comandados de Eduardo Baptista confirmaram a ida à final do Nordestão. Em um jogo com arbitragem polêmica, pênalti marcado e três expulsões injustas, o Leão venceu: 2 a 1. Aos rubro-negros, restaram as comemorações por voltar a protagonizar a decisão do torneio após 13 anos. Além do simbolismo de ter quebrado a hegemonia do rival em três temporadas. Ao Tricolor, ficaram as reclamações ao árbitro Sandro Meira Ricci. E também um fio de esperança em um time que conseguiu um esboço de reação mesmo quase todo o clássico com dois jogadores a menos. 

O adversário leonino será o Ceará, que mesmo perdendo para o América-RN por 2×1, carimbou o passaporte por ter feito 4×0 no primeiro jogo. A primeira decisão será no dia 2 de abril, na Ilha. O jogo da volta, no dia 9, na Arena Castelão.

O Santa Cruz começou, efetivamente, a perder a partida aos 18 minutos. Everton Sena fez duas faltas duras em sequência e recebeu o cartão vermelho direto. Exagerado. Golpe duro para quem precisaria reverter uma vantagem adversária. Aos 31, Leandro Souza, que havia entrado no lugar de Raul para compor a zaga, mal entrou e cometeu um pênalti. Inexistente. Neto Baiano desperdiçou. Acertou a trave esquerda de Tiago Cardoso. Contudo, esse lance seria ainda preponderante para a sequência da partida. 

Faltando cinco minutos para o término da etapa inicial, em uma falta de ataque, o mesmo Leandro Souza acabou tomando o seu segundo cartão. Era mais um expulso no lado tricolor. A torcida coral revoltou-se. Indignada com Sandro Meira Ricci, pediu até para os jogadores deixarem o gramado em forma de protesto. No intervalo, vários torcedores que não acreditavam mais em uma reviravolta deixaram o estádio.

Léo Gamalho empatou só com um minuto da etapa final. A partir daí, gestos irônicos da torcida do Santa Cruz para Ricci foram notados até o fim do jogo. “Expulsa mais um”, ecoava em uníssono. Gritos de olé a cada sequência de três toques dos corais. E aplausos sarcásticos para o adversários.

O Sport não se intimidou com a pressão psicológica das arquibancadas. Aproveitou-se da vantagem numérica. Com mais espaço para jogar, voltou a ficar na frente. Aos dez, Patric fez 2 a 1.  Depois, o jogo seguiu em um ritmo frio. A vaga estava destinada ao Leão da Ilha. Eduardo Baptista, inclusive, aproveitou para tirar peças importantes do time: Neto Baiano e Patric.Vica não podia fazer muita coisa. Ambos, esperaram apenas o apito final e contrastaram alegria e revolta. No fim do jogo, Sandro Meira Ricci ainda expulsou injustamente Felipe Azevedo no fim da segunda etapa.

Ficha do jogo
-Santa Cruz:
Tiago Cardoso; Oziel, Renan Fonseca, Everton Sena e Nininho; Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Carlos Alberto (Pingo) e Raul (Leandro Souza); Flávio Caça-Rato (Memo) e  Léo Gamalho. Técnico: Vica.
-Sport:
Magrão; Patric (Bileu), Ferron e Durval (Oswaldo) e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Ailton, Danilo e Felipe Azevedo; Neto Baiano (Joelinton). Técnico: Eduardo Baptista.
Gols:
Rithely, (S) aos 44 do primeiro tempo. Leo Gamalho, (SC) a 1 minuto; Patric, (S) aos 10 do segundo.
Cartões amarelos:
Santa Cruz – Leandro Souza; Sport – Danilo, Rodrigo Mancha e Felipe Azevedo.
Cartão vermelho:
Santa Cruz – Everton Sena e Leandro Souza.
Árbitro:
Sandro Meira Ricci/PE.
Assistentes:
Albino Andrade Albert Júnior e Ricardo Bezerra Chianca, ambos de PE.

 

>Do Diario de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Qui, 20 de Mar. de 2014 -00h11m)


Deprecated: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5523

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177