PRF registra 155 mortes em estradas federais durante carnaval no país

A Polícia Rodoviária Federal divulgou, nesta quinta-feira (6), que 155 pessoas morreram em acidentes nas estradas federais durante a operação de carnaval de 2014. O dado foi apresentado em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Ao todo, foram registrados 3.201 acidentes, com 1.823 pessoas feridas, entre 0h de sexta-feira (28) e a 0h desta quinta-feira.

Em 2013, 157 pessoas morreram em 3.149 acidentes nas estradas federais durante os seis dias de operação de carnaval, entre 8 e 13 de fevereiro, com 1.793 feridos.

“A maioria dos acidentes ocorre por imprudência, ou seja, mesmo que se invista muito em tecnologia, em aumento de fiscalização, em rodovias, se não investirmos em educação no trânsito, nós ainda vamos ter muitos problemas pela frente”, disse a diretora-geral da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza.

De acordo com a PRF, não é possível comparar os dados entre os anos porque a frota aumentou entre 2013 e 2014, e os dados podem ficar destorcidos. (Veja a tabela a baixo) Por esse critério, a redução foi de 6%, segundo a polícia – em 2013, houve 157 mortes no carnaval para uma frota de 76,9 milhões de veículos e, em 2014, 155 mortes para 82,5 milhões de veículos.

No país, 61 mortes foram causadas por colisões frontais e 22 por atropelamentos.

Maria Alice Nascimento destaca que a identificação dos pontos mais críticos na malha viária nacional tem sido fundamental para a prevenção de acidentes. “Fazer o diagnóstico dos pontos mais críticos e potencializar tanto os nossos recursos tecnológicos quanto os nossos recursos humanos nesses locais”, descreveu.

Segundo o coordenador-geral de Operações da Polícia Rodoviária Federal, Giovanni di Mambro, os estados de Minas Gerais e da Bahia tiveram atenção maior durante a operação por terem as maiores malhas viárias. Como resultado, o número de mortes em Minas Gerais caiu 23% e na Bahia, 38%.

Os estados que registraram mais mortes foram o Paraná, com 25, Minas Gerais (24), Bahia (14),  Rio Grande do Sul (11) e Santa Catarina (9).

Ainda de acordo com a polícia, 406 motoristas foram presos por alcoolemia, e 1.650 foram autuados por ingestão de bebida alcoólica. No país, 1.742 carteiras de motoristas foram recolhidas. A operação contou, ainda, com 130 novos radares.

Minas Gerais
No estado, foram registrados 547 acidentes, com 338 feridos e 24 mortes. Somente no sábado de carnaval, foram 15 mortes. No ano passado, Minas registrou 439 acidentes, com 347 feridos e 29 mortes.

MORTES EM RODOVIAS FEDERAIS NO CARNAVAL
Ano Total de mortes Mortes por milhão de veículos
2004 147 4,0
2005 148 3,8
2006 130 3,1
2007 145 3,2
2008 128 2,6
2009 127 2,3
2010 144 2,4
2011 216 3,3
2012 192 2,7
2013 157 2
2014 155 1,9
Fonte: Polícia Rodoviária Federal

 

>Do Globo.com
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Qui, 06 de Mar. de 2014 -17h08m)


Deprecated: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5523

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177