Adolescente é amarrado após cometer assalto em Botafogo

RIO – Mais uma vez um grupo de pessoas tentou fazer justiça com as próprias mãos na Zona Sul do Rio. Um jovem de 17 anos foi amarrado e teria sido espancado após cometer um assalto na Rua General Polidoro, próximo à Rua da Passagem, em Botafogo, na manhã desta quarta-feira. Um grupo de moradores queria o linchamento do assaltante, enquanto outras pessoas tentavam impedir a agressão.

A ação dos justiceiros começou quando uma jovem, vítima do roubo, gritou pedindo ajuda. Enquanto o ladrão tentava escapar, alguns carros tentaram atropelá-lo para impedir a fuga. Os justiceiros conseguiram alcançá-lo e, segundo contou ao GLOBO uma moradora que presenciou a cena, iniciaram o linchamento na Rua General Polidoro. O assaltante teve os pés e mãos amarrados.

Um homem chegou a colocá-lo no porta-malas de um carro particular, mas foi demovido da ideia por um grupo de moradores, que pedia a presença da polícia.

— Quando cheguei, nos primeiros segundos, já vi o cara tentando enfiar o ladrão no porta-malas. Quando ele estava quase fechando, eu consegui me aproximar e entrei na frente. Disse que era advogada e ia denunciá-lo. Enquanto isso, as pessoas gritavam que era para eu levar o ladrão para a casa — contou ao GLOBO, uma moradora, que desceu de seu apartamento após ouvir gritos de dor e pessoas falando: “bate mais, ladrão tem que morrer”.

Houve forte discussão entre apoiadores do linchamento e pessoas que tentavam impedir a agressão. O pai da menina que teve o celular furtado chegou a defender o jovem espancado, afirmando que era papel da polícia detê-lo, e não da população.

Cerca de vinte minutos após a confusão, a polícia chegou ao local, desamarrou o jovem e o conduziu junto com a vítima do roubo para a 10ª DP (Botafogo), onde o caso foi registrado como furto. Apesar da agressão (o rapaz tinha marcas de sangue no rosto), nenhuma pessoa foi detida.

Segunda a vítima, que não quis se identificar, ela saia de casa para trabalhar falando ao celular, quando o adolescente, em uma bicicleta, a roubou. Assustada, ela gritou, e pedestres que passavam pela rua conseguiram alcançar o jovem. Ainda de acordo com a vítima, para que o assaltante entregasse o celular que roubara dela, alguns pedestres chegaram a dar uns tapas no adolescente.

Antes de ir para a delegacia, o menor foi levado para a UPA de Botafogo, onde fez um curativo no supercílio. Ele será encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescentes (DPCA).

Jovem foi espancado no Flamengo em janeiro

No dia 31 de janeiro, um adolescente foi agredido e preso a um poste por um grupo de jovens no Flamengo, na Zona Sul. Na ocasião, ele afirmou que o grupo tinha cerca de 30 pessoas. O jovem foi ajudado pela artista plástica Yvonne Bezerra de Melo, coordenadora e fundadora do projeto Uerê (ONG que oferece educação a crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem decorrentes de traumas).

Segundo Yvonne, o grupo tirou a roupa do adolescente e o prendeu pelo pescoço ao poste usando uma trava de bicicleta. Yvonne foi chamada por vizinhos, que flagraram a cena, registrou a situação e compartilhou em sua página no Facebook. O rapaz disse seus agressores eram “os justiceiros de moto”. Internautas afirmam que o adolescente praticaria roubos e furtos na região.

A ação deflagrou uma discussão que ganhou as redes sociais, com comentários de apoio à violência — que foram condenados por moradores, psicólogos e sociólogos. Na pauta dos debates, questões como a omissão policial, a legislação frágil para punir menores infratores e até o ato instintivo da vingança.

O menor que foi agredido no Flamengo foi apreendido pela polícia no último dia 18 após uma tentativa de assalto em Copacabana. De acordo com Alexandre Braga, titular da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat), onde o caso foi registrado, o jovem de 15 anos foi detido ao abordar uma turista canadense e um turista inglês.

 

>Do Globo.com
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Qua, 26 de Fev. de 2014 -15h48m)


Deprecated: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5523

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177