Náutico empata com Botafogo-PB e se mantém vivo na Copa do Nordeste

Demorou. Foram dois adiamentos antes de Náutico e Botafogo entrarem em campo ontem à noite, no Almeidão, para finalmente se enfrentarem pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. Mesmo sem ter nada a ver com os problemas que levaram aos cancelamentos, o Timbu não pôde contar com o apoio de sua torcida. Mas este não foi o maior desafio. Esbarrando nas próprias limitações técnicas e no significativo desgaste físico, os alvirrubros conseguiram apenas evitar o pior. O empate por 1 a 1 com o Belo foi suficiente para manter os pernambucanos vivos na disputa por uma vaga nas quartas de final.

Apesar de a vitória não ter vindo, o Náutico segue dependendo somente das próprias forças para ficar com uma das vagas do Grupo D. Para isso, os alvirrubros precisam vencer o Guarany de Sobral-CE por dois gols de diferença, em partida que será disputada nesta quinta-feira, em Sobral-CE. No caso de uma vitória simples, os alvirrubros precisam torcer por uma derrota ou empate do Sport diante deste Botafogo-PB, também na quinta, em Recife.

O jogo:
Equilíbrio até na falta de finalizações.

Sem tempo para treinar, não havia muitas alternativas para o técnico Lisca, que optou por manter a base que vem utilizando desde o início do Nordestão. As únicas mudanças foram as estreias do goleiro Alessandro e do lateral direito Helder Maurílio. No início do confronto, o Timbu até deu indícios de que tentaria tomar a iniciativa do confronto, mas não demorou para o Botafogo-PB começar a dominar as ações entre as intermediárias.

Embalado pelas duas vitórias consecutivas, o Belo tentava envolver a marcação alvirrubra com velocidade, mas era atrapalhado pela própria deficiência técnica.

Foi preciso que o árbitro Suelson Diorgenes Medeiros deixasse de marcar um pênalti sobre Pedro Carmona para os alvirrubros acordarem na partida. Menos afobados, os atletas do Náutico passaram a pressionar a saída de bola adversária. Restava, porém, melhor qualidade no último passe. Como se viu em oportunidades anteriores, o ataque do Timbu não conseguia manter a bola no campo ofensivo e muito menos, produzir jogadas de real perigo.Em contrapartida, o setor de marcação funcionava com mais eficiência, obrigando o Belo a apostar nas bolas alçadas.

Pela demora no retorno do vestiário, ficou claro que o técnico Lisca tentou organizar sua equipe, que reduzira o ritmo no fim da etapa inicial. Mas, como se viu no início da partida, o Náutico voltou desligado do intervalo. Aproveitando a folga na marcação, o Belo chegou com perigo pela primeira vez, aos seis minutos. Depois de driblar o zagueiro Flávio e invadir a área, Doda fuzilou e obrigou Alessandro a espalmar para o escanteio. Mas o Timbu não entendeu o recado e no lance seguinte, pagou caro por isso. Depois de receber bom lançamento de Frontini, Doda ficou cara a cara com Alessandro e desta vez não desperdiçou.

Como a derrota decretaria a eliminação na Copa do Nordeste, o Náutico partiu para o tudo ou nada. A desorganização e os erros de passe resultavam em contra-ataques perigosos. Mas quando tudo levava a crer que o Belo estava mais perto de ampliar do que o Timbu de empatar, os alvirrubros surpreenderam com uma boa jogada de linha de fundo. Em lance individual, Pedro Carmona se livrou da marcação, invadiu a área e cruzou rasteiro para a pequena área. Até então apagado, Hugo, bem posicionado, desviou a bola com um toque sutil e venceu o goleiro Givaldo.

Ficha do jogo:
-Botafogo-PB: Genivaldo; Ferreira, Magno Alves, Everton e Celico; Zaquel, Pio, Doda e Lenílson (Thiaguinho / 29’ do 2ºT); Rafael Aidar (Cléo Paraense / 23’ do 2ºT) e Frontini (Warley / 23’ do 2ºT). Técnico: Marcelo Vilar.

-Náutico: Alessandro; Helder Maurílio (João Ananias / 31’ do 2ºT), William Alves, Flávio e Gerley; Rodrigo Possebon, Yuri (Gustavo Henrique / 29” do 2ºT) e Elicarlos; Zé Mário (Paulo Júnior / intervalo), Pedro Carmona e Hugo. Técnico: Lisca.
Gols: Doda B (aos 7’ do 2ºT), Hugo N (20’ do 2ºT).
Cartões amarelos: Doda, Thiaguinho (B), Yuri, Gerley, Alessandro (N).
-Público: 8.480.
Renda: R$ 88.550,00.
Árbitro: Suelson Diorgenes de França Medeiros (RN).
Assistentes: Ubiratan Bruno Viana (RN) e Francisco Jailson F. da Silva (RN).

 

>Do Diario de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Ter, 04 de Fev. de 2014 -21h13m)


Deprecated: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/orobofm/public_html/wp-includes/functions.php on line 5523

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale Conosco

Share on facebook
Share on whatsapp

Telefones Úteis

  • OROBÓ FM  81 3656 1264
  • ABRIGO SÃO FRANCISCO de ASSIS 81 3656 1594 / 81 9678 7378 (TIM)
  • BANCO do BRASIL  81 3656 1144
  • CÂMARA MUNICIPAL 81 3656 1143
  • CELPE (Companhia Energética de PE) 81 3621 1279 (Carpina)
  • COMPESA (Companhia de Água e Esgoto de PE) 81 3656 1162
  • COMSEF (Comunidade Semeando o Futuro) 81 3656 1399
  • CONSELHO TUTELAR 813656 1206
  • CORREIOS (Empresa de Correios e Telégrafos) 81 3656 1135
  • DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) 81 3638 1194 (Bom Jardim)
  • DELEGACIA (PC) 81 3656 1190
  • DESTACAMENTO (PM) 81 9513 3884
  • ESCOLA ABÍLIO de SOUZA BARBOSA 81 3656 1499
  • ESCOLA PROFESSORA RITA MARIA DA CONCEIÇÃO 81 3656 1578
  • HOSPITAL SEVERINO TÁVORA 81 3656 1124
  • PARÓQUIA NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO 81 3656 1226
  • PREFEITURA 81 3656 1156
  • SECRETARIA de SAÚDE 81 3656 1177