Flexibilização: Pernambuco amplia horário do comércio e outros serviços

O governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta (17), novas medidas do plano de convivência na pandemia. Liberou atividades sociais e econômicas no Grande Recife, Zona Mata e Agreste, além de parte do Sertão, a partir de segunda (21). Também autorizou mutirão de vacinação contra a Covid-19 para quem não tomou a segunda dose de Coronavac, no sábado (19) e domingo (20).

As novas medidas foram anunciadas em entrevista coletiva concedida pela internet pelos secretários estaduais de Saúde, André Longo e de Planejamento, Alexandre Rebêlo, além da secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, e do secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

De acordo com o estado, a abertura de setores da economia foi possibilitada por melhorias nos índices de solicitações de vagas de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e pela queda do número de internamentos.

Outros fatores levados em consideração foram o avanço da vacinação e redução da fila de espera por leitos de Covid nas UTIs, que, segundo o governador Paulo Câmara (PSB) foi “zerada”.

As medidas para o Grande Recife, Zona da Mata e Agreste e partes do Sertão valem até 4 de julho, Nas áreas de Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, no Sertão, elas seguem até o dia 27 de junho.

Em Pernambuco, foram confirmados, desde março de 2020, 530.077 casos do novo coronavírus e e 17.069 mortes por Covid-19.

Desde janeiro deste ano, foram aplicadas 2,6 milhões de primeira dose de vacina e 1 milhão de segundas doses.

Horários

No Grande Recife e na Zona da Mata, os estabelecimentos comerciais poderão abrir até as 22h, nos dias de semana.

Atualmente, eles estão autorizados a funcionar até as 20h. Nos finais de semana, o comércio e os bares e restaurantes vão poder funcionar até as 21h. Até a segunda (21), eles só podem abrir até as 18h.

O secretário Alexandre Rebêlo informou que caberá aos municípios decidir se vão liberar o funcionamento do comércio de praia.

Também terão alterações no funcionamento do comércio as cidades que ficam no Agreste e e nos Sertões do São Francisco e Araripe.

Nos municípios da Macro Região III, que compreende as áreas de Serra Talhada e Afogados da Ingazeira, as atividades passarão a ser liberadas até as 18h.

Setores

As academias de ginástica poderão funcionar até as 22h, nos dia de semana, nas cidades do Grande Recife, Zona da Mata e partes do Agreste e Sertão. Aos sábados e domingo, a abertura será até 18h

O estado também autorizou a retomada de cinemas, teatros e museus. Esses espaços de cultura e lazer podem abrir com 30% da capacidade.

Os eventos corporativos, como treinamentos e palestas, estão liberados com metade da capacidade do espaço onde será realizado (veja tabelas no fim da matéria).

Análise epidemiológica

Segundo o secretário Alexandre Rebêlo, na semana 23 de 2021, que foi até o sábado (12), o número de pedidos por leitos de UTI chegou a 1.128. Na semana 20, foram 1.488.

“Foi a quarta semana de redução. Estamos voltando ao período de antes das medidas mais restritivas”, afirmou.

Ainda segundo o governo, desde setembro de 2020, não havias ido registrada queda no número de pessoas internadas em UTI. O pico de internações aconteceu em março de 2021, com 553 pessoas.

O secretário André Longo disse que houve redução dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

“Na Semana Epidemiológica 23, registramos uma redução de 10% em comparação à semana 22 e de 12,3% em relação à semana 21.”, disse.

Mutirão

Na coletiva, o governo anunciou também que a chegada de 65 mil doses de Coronavac, prevista para a sexta (18), os municípios estão autorizados a realizar mutirões, no fim de semana, para aplicação da segunda dose para quem está com atraso na imunização.

Ao todos, segundo o estado, 50 mil pessoas estão nessa situação. Com a nova medida, 73 cidades, que estão com déficit de unidades, vão ser contemplados com essa distribuição de vacinas.

Para essas cidades, serão separadas 49.250 doses. De acordo com o governo, com isso, “serão sanados todos os pedidos e o saldo restante será destinado ao estoque estratégico do Programa estadual e Imunização, para ajustes futuros que ainda possam ser necessários”.

Em reunião com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (Cosems-PE), nesta quinta, foi tomada outra decisão.

Ficou definido também que, além de aplicar a segunda dose em atraso da Coronavac, as cidades poderão convocar quem ainda não tomou a segunda dose da Astrazeneca e também já passaram do período preconizado, de três meses após a primeira dose.

O secretário André Longo destacou que a ideia é fazer, no final de semana, “uma grande mobilização para vacinar o máximo de pessoas com a segunda dose em atraso”.

Ao todo, Pernambuco já tinha encaminhado, entre maio e junho, 61.670 doses extras para os municípios que informaram falta da segunda dose da Coronavac/Butantan.

Municípios com maiores déficits de Coronavac para segunda dose

  • Jaboatão – 7.030
  • Petrolina – 6.260
  • Paulista – 4.970
  • Igarassu – 3.820
  • Vitória de Sto Antão – 3.190
  • Cabrobó – 1.700
  • Bezerros – 1.700
  • Arcoverde – 1.610
  • Buique – 1.180

Testes

O estado também anunciou a distribuição de 82,2 mil testes de antígeno na rede de atenção à saúde. Deste total, 70 mil serão destinadas para 62 cidades pernambucanas, localizadas nas II, IV, V, VI, VII, X e XI Gerências Regionais de Saúde (Geres), que estão com a maior representatividade de ocorrência de casos ativos do novo coronavírus.

Os outros 12 mil testes serão enviados para unidades hospitalares vinculadas à rede estadual de saúde.

Dos 70 mil exames destinados aos municípios, metade será distribuída de acordo com a quantidade per capita geral da população de cada cidade. Para a distribuição da outra metade, foram estabelecidos grupos prioritários que levam em conta as taxas de positividade (porcentagem de confirmados dentre os testados laboratorialmente) dos casos do novo coronavírus e a população de cada um desses estratos.

Os 12,2 mil testes que seguirão para unidades de saúde vinculadas à rede estadual vão qualificar a classificação do status da Covid-19 dos usuários que são admitidos nestes serviços.

Cirurgias eletivas

Outra medida anunciada nesta quinta foi a autorização para a retomada de cirurgias eletivas nas redes pública e privada de Pernambuco. Os procedimentos poderão ser realizados a partir de sexta (18).

A liberação, neste primeiro momento, deve atender os procedimentos com anestesia localizada, onde o paciente, a princípio, não necessita de intubação e internação hospitalar.

UTI

Também nesta quinta, o governador anunciou que a foi “zerada” a lista de esperar por UTIs para Covid. Segundo ele, pela primeira vez em quatro meses a ocupação de leitos ficou em 87%.

O gestor enfatizou que esse resultado é fruto de uma série de medidas restritivas intensificadas a partir de 7 de dezembro de 2020, além do avanço da vacinação e da expansão da rede de UTIs em Pernambuco, que hoje é a maior das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Veja como ficam atividades econômicas nas regiões Macro I ( RMR, Zona da Mata e Agreste), Macro II ( Agreste) e Macro IV (Sertão)

Academias e similares

  • 50% da utilização dos aparelhos de cardio;
  • Horário até 22h em dias de semana e 18h nos fins de semana e feriados.

Serviços de alimentação

  • 50% da capacidade do local;
  • Horário para 22h em dias de semana e 21h nos finais de semana;
  • Permanece proibida música ao vivo.

Comércio varejista de bairro

  • 1 cliente a cada 5m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10m² nas áreas de circulação;
  • Horário das 8h às 20h nos dias de semana e 9h às 19h nos finais de semana e feriados.

Comércio varejista de centro

  • 1 cliente a cada 5m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10m² nas áreas de circulação;
  • Horário das 8h às 20h nos dias de semana e 9h às 19h nos finais de semana e feriados.

Praias, comércio de praia, ciclofaixas e calçadões

  • Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município.

Escolas e universidades

  • Manter o distanciamento de 1,5m entre as bancas escolares, reduzindo a quantidade de estudantes quando necessário;
  • Horário das 06h às 22h.

Escritórios e comerciais

  • 50% da capacidade do local considerando o distanciamento de 1,5m entre as estações de trabalho;
  • Horário das 8h às 20h nos dias de semana e 9h às 19h nos finais de semana e feriados.

Feira de negócios

  • Horário até 22h em dias de semana e 21h em fins de semana e feriados.

Igrejas e atividades religiosas

  • 50% da capacidade do local ou 300 pessoas, o que for menor;
  • Horário até 22h em dias de semana e 21h em fins de semana e feriados.

Polo de confecções

  • Horário até 20h.

Shoppings Centers e galerias comerciais

  • 1 cliente a cada 5m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10m² nas áreas de circulação;
  • Horário até 22h nos dias de semana e de 21h nos finais de semana e feriados

Eventos corporativos

  • 50 pessoas ou 30% da capacidade do local, o que for menor.
  • Proibido música ao vivo;
  • Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados.

Eventos sociais e buffets

  • Permanece vedado

Eventos culturais

  • Permanece vedado

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

  • 50 pessoas ou 30% da capacidade do local , o que for menor;
  • Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados;
  • Proibido alimentos, bebidas e música ao vivo.

Cinema teatro e circo

  • 100 pessoas ou 30% da capacidade do local , o que for menor;
  • Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados.

Museus e demais equipamentos culturais

  • 1 visitante a cada 20m² nas áreas expositivas internas e 1 visitante a cada 10m² nas áreas expositivas externas;
  • Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados;

Parques temáticos, aquáticos, jogos eletrônicos, itinerantes e similares

  • Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada
  • Permanece vedado show

Parques infantis

  • Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município;

Atividades esportivas coletivas e individuais

  • Liberados a prática, treinamento e competições das modalidades esportivas coletivas e individuais em centros esportivos, clubes sociais e associações esportiva;
  • Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana e feriados;
  • Sem show;
  • Jogos de futebol profissional em estádios – sem público.

Clubes sociais

  • Horário até 22h nos dias de semana e 21h nos finais de semana, proibido saunas.

Veja como ficam atividades econômicas na Macro IlI- (Sertão)

Academias e similares

  • 50% da utilização dos aparelhos de cardio;
  • Horário até 18h em dias de semana e nos fins de semana e feriados.

Serviços de alimentação

  • 50% da capacidade do local;
  • Horário até 18h em dias de semana e nos fins de semana e feriados;
  • Permanece proibida música ao vivo.

Comércio varejista de bairro

  • 1 cliente a cada 5 m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10 m² nas áreas de circulação;
  • Horário de 8h às 18h nos dias de semana e 9h às 18h nos finais de semana e feriados.

Comércio varejista de centro

  • 1 cliente a cada 5 m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10 m² nas áreas de circulação.
  • Horário das 8h às 18h nos dias de semana e 9h às 18h nos semana e feriados.

Praias, comércio de praia, ciclofaixas e calçadões

  • Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município

Escolas e universidades

  • Manter o distanciamento de 1,5 m entre as bancas escolares, reduzindo a quantidade de estudantes quando necessário;
  • Horário das 06h às 18h.

Escritórios e comerciais

  • 50% da capacidade do local considerando o distanciamento de 1,5 m entre as estações de trabalho;
  • Horário das 8h às 18h nos dias de semana e das 9h às 18h nos finais de semana e feriados.

Feira de negócios

  • Horário até 18h em dias de semana e em fins de semana e feriados.

Igrejas e atividades religiosas

  • 50% da capacidade do local ou 300 pessoas, o que for menor;
  • Horário até 18h em dias de semana e em fins de semana e feriados.

Shoppings Centers e galerias comerciais

  • 1 cliente a cada 5 m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10 m² nas áreas de circulação;
  • Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados.

Eventos corporativos

  • 50 pessoas ou 30% da capacidade do local , o que for menor;
  • Proibido música ao vivo;
  • Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados.

Eventos sociais e buffets

  • Permanece vedado.

Eventos culturais

  • Permanece vedado.

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

  • 50 pessoas ou 30% dada capacidade do local , o que for menor;
  • Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados;
  • Proibido alimentos, bebidas e música ao vivo.

Cinema teatro e circo

  • 100 pessoas ou 30% da capacidade do local , o que for menor;
  • Horário até 18h.

Museus e demais equipamentos culturais

  • 1 visitante a cada 20m² nas áreas expositivas internas e 1 visitante a cada 10m² nas áreas expositivas externas;
  • Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados.

Parques temáticos, aquáticos, jogos eletrônicos, itinerantes e similares

  • Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município;
  • Permanece vedado show.

Parques infantis

  • Serão objeto de regulamentação e fiscalização por cada município.

Atividades esportivas coletivas e individuais

  • Liberados a prática, treinamento e competições das modalidades esportivas coletivas e individuais em centros esportivos, clubes sociais e associações esportiva;
  • Horário até 18h nos dias de semana e nos finais de semana e feriados;
  • Sem show;
  • Jogos de futebol profissional em estádios – sem público.

Clubes sociais

  • Horário até 18h nos dias de semana e nos finais, proibido saunas.

Relação de cidades por Gerência de Saúde (Geres)

Macro I

Geres I

  • Abreu e Lima, Aracoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Chã de Alegria, Chã Grande, Fernando de Noronha, Glória do Goita, Igarassu, Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Pombos, Recife, São Lourenço da Mata, Vitoria de Santo Antão.

Geres II

  • Bom Jardim, Buenos Aires, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa do Carro, Lagoa do Itaenga, Limoeiro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência.

Geres III

  • Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré e Xexéu.

Geres IX

  • Aliança, Camutanga, Condado, Ferreiros, Goiana, Itambé, Itaquitinga, Macaparana, São Vicente Férrer e Timbauba.

Macro II

Geres IV

  • Agrestina, Panelas, Alagoinha, Pesqueira, Altinho, Poção, Barra de Guabiraba, Riacho das Almas, Belo Jardim, Sairé, Bezerros, Sanharó, Bonito, Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus, Santa Maria do Cambuca, Cachoeirinha, São Bento do Uma, Camocim de São Félix, São Caetano, Caruaru, São Joaquim do Monte, Cupira, Tacaimbo, Frei Miguelinho, Taquaritinga do Norte, Gravatá, Toritama, Ibirajuba, Vertentes, Jatauba, Jurema.

Geres V

  • Águas Belas, Lajedo, Angelim, Palmeirina, Bom Conselho, Paranatama, Brejão, Saloá, Caetés, São João, Calçado, Terezinha, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro.

Macro III

Geres VI

  • Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manari, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa.

Geres V

  • Afogados da Ingazeira,Brejinho, Carnaíba, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama.

Geres VI

  • Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada e Triunfo.

Macro IV

Geres XI

  • Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade.

Geres XII

  • Belém de São Francisco, Cedro, Mirandiba, Salgueiro, Serrita, Terra Nova, Verdejante.

Geres VIII

  • Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista.

Foto: Reprodução/ Youtube
>Da G1 PE
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Quinta, 17 de Junho de 2021 -21h34m) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>