Sport sofre, mas vence o Fluminense, na Ilha do Retiro

Foi no sufoco, mas o Sport garantiu três pontos preciosos para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série A. Em jogo válido pela 11ª rodada, o Leão recebeu o Fluminense, na noite deste domingo (20), na Ilha do Retiro, e venceu os cariocas pelo placar de 1×0. Organizado na primeira etapa, e contando com boas defesas de Polli no segundo tempo, o Rubro-negro chegou aos 14 pontos e saltou para o 10º lugar na tabela de classificação. O único gol da partida foi marcado por Hernane, de pênalti. O time da Praça da Bandeira volta a entrar em campo na quarta-feira (23), mais uma vez em casa, contra o Corinthians. 

O Sport foi superior ao Fluminense, principalmente na primeira metade da etapa inicial. Marcando a saída de bola do adversário, não demorou para o Leão assustar a meta de Muriel. Ainda aos quatro, Patric ficou com a sobra, após bela jogada de Barcia pela direita, e obrigou o arqueiro tricolor a fazer grande defesa, contando com a ajuda do travessão. Com Mugni bastante participativo, o Rubro-negro abriu o placar aos 12. O camisa 10 recebeu bom lançamento de Luciano Juba e cruzou para Barcia. Antes de dominar a bola, o uruguaio foi derrubado por Egídio na área e Vuaden assinalou pênalti. Na cobrança, Hernane cobrou no meio para fazer 1×0. Foi o primeiro gol de Brocador no Brasileirão 2020. 

Mesmo com o gol marcado, o time pernambucano seguia buscando ampliar o marcador no primeiro tempo, mas sem êxito. Recheado de desfalques, o Fluminense chegou a ter 70% de posse de bola nos 45 minutos iniciais. Entretanto, organizado defensivamente, o Sport pouco sofreu com as tentativas dos visitantes em furar o ferrolho leonino.

Buscando o empate, o Fluminense voltou do intervalo em cima do Sport. Até por isso, depois de passar o primeiro tempo sem realizar defesas, Polli passou a aparecer mais vezes na partida. Primeiro, em bom chute de Luiz Henrique de fora da área, e na sequência em finalização de Yago Felipe, após bom passe de Egídio pela esquerda. Já sem Mugni em campo, o Leão sofria na criação e não conseguia oferecer perigo ao adversário. Do outro lado, com Ganso responsável pela armação das jogadas e com as alterações feitas por Odair Hellmann, o Flu seguia na pressão. Aos 41, Calegari recebeu livre pela direita e bateu cruzado para mais uma intervenção de Luan Polli, garantindo o resultado positivo.  

– FICHA DO JOGO:

-Sport 1
Luan Polli; Patric, Maidana, Adryelson e Luciano Juba (Chico); Marcão, Ricardinho, Betinho (João Igor) e Lucas Mugni (Bruninho); Leandro Barcia (Lucas Venuto) e Hernane (Rogério). Técnico: Jair Ventura. 
-Fluminense 0
Muriel; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; André (Felippe Cardoso), Hudson, Yago Felipe (Marcos Paulo) e Ganso; Luiz Henrique (Miguel) e Wellington Silva (Fernando Pacheco). Técnico: Odair Hellmann.
-Gol
Hernane, aos 12′ do 1ºT.
-Cartão amarelo
André (F).
-Árbitro
Leandro Vuaden (RS).
-Assistentes
Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Caiza (ambos do RS).
-Árbitro de vídeo
Daniel Nobre Bins (RS).

– MELHORES MOMENTOS:

– PRÓXIMOS JOGOS:

CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE A

12ª Rodada
->QUARTA (23)

-21h30 -Ilha do Retiro (Recife)
>Sport x Corinthians

13ª Rodada
->SÁBADO (03 de OUTUBRO)

-19h -Pituaçu (Salvador)
>Bahia x Sport


>Da Folha de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Segunda, 21 de Setembro de 2020 -00h22m)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>