Dia da Internet Segura: veja dicas para uma navegação sem problemas

O dia 11 de fevereiro é o Dia da Internet Segura. Também chamado de “Safer Day”, a celebração na data foi criada pela Rede Insafe e reúne atualmente mais de 140 países com o objetivo de mobilizar usuários e instituições no uso livre e seguro da rede.

Pensando nisso, empresas como a Vivo e instituições pelo uso seguro, ético e responsável das redes, se reúnem em São Paulo, e trazem dicas importantes aos internautas. Confira algumas delas abaixo:

Tenha e mantenha um bom antivírus atualizado

Todos os dias aparecem novas ameaças virtuais, como vírus, spams e tentativas de phishing (roubo de informações de usuários). Por isso, é importante que os aparelhos em que você acessa a internet tenham um antivírus de qualidade e atualizado, para que ele possa ajudar a evitar que seu device seja vítima de alguma dessas ameaças;

Atualize diariamente seus aplicativos no smartphone

Os fabricantes e desenvolvedores disponibilizam atualizações de patches de segurança (correções nos aplicativos) todos os dias. Essas atualizações são correções de vulnerabilidades que podem ser exploradas por ameaças como vírus e códigos maliciosos, por isso fique atento, sempre que possível faça o download. Isso ajuda a aumentar a segurança junto com o uso de antivírus;

Não compartilhe suas senhas

Elas são as portas de entrada para acesso irrestrito a suas informações, por isso, não deixe que outros além de você tenham acesso às senhas;

Utilize senhas diferentes para cada aplicação

Se, por acaso, sua senha for descoberta e ela for a mesma para e-mails, contas bancárias e redes sociais, seus dados estarão completamente vulneráveis. Com senhas diferentes você diminui os transtornos caso perca uma delas. Utilizar um cofre de senhas é uma saída interessante, assim as senhas ficam armazenadas com segurança e não tem problema se o usuário esquecer uma delas, ou todas;

Faça back-ups periódicos

Faça cópia de suas informações sempre que possível, assim em caso de perda do dispositivo ou ataque de vírus, por exemplo, você conseguirá recuperar as informações com facilidade;

Não click em links desconhecidos e desconfie de mensagens urgentes, que pedem ação rápida

Certifique-se de que o remetente de um link ou arquivo é de uma origem confiável. Os links podem vir por e-mail, rede social, aplicativos de mensagens e podem abrir as portas de seus aparelhos. Todo cuidado é pouco.

Foto: Pixabay/ Divulgação
>Da Folha de PE

>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Terça, 11 de Fevereiro de 2020 -13h38m) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>