Desfile do Galo da Madrugada reverencia as mulheres; veja fotos

Homenageando as mulheres e colocando-as como protagonistas da festa, o Galo da Madrugada arrasta milhares de pessoas pelas ruas do centro do Recife neste sábado de Zé Pereira (2). A chuva que caiu durante o início do dia não atrapalhou os planos dos foliões, mas fez com que muitos chegassem ao desfile um pouco mais tarde.  

No entanto a chuva não foi capaz de esfriar a 42ª edição do maior bloco de rua do mundo. Pelo contrário, mesmo após o meio-dia, o público seguia muito animado, esbanjando alegria e criatividade. Com tranquilidade, muitas mulheres, crianças e idosos caem na dança ao som do frevo. 

Este ano, inspirado no tema “Frevo Mulher”, o Galo reverencia a garra e a altivez feminina com alegorias que retratam algumas personalidades que desfilam como destaques: Amelinha (cantora e compositora), Fabiana Karla (atriz), Lia de Itamaracá (dançarina, cantora e compositora), Yane Marques (pentatleta) e Léa Lucas (foliã). 

Nos trios, a reverência à figura feminina era latente. Houve vários duetos de cantoras, entre eles, Gaby Amarantos e Fafá de Belém e Karynna Spinelli e Isabella Tavianni, Nena Queiroga e Margareth Menezes. 

O secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, ressaltou a importância do bloco para o turismo de Pernambuco. “O Galo é o que marca o início do Carnaval de Pernambuco, e a gente tem certeza que é uma grande festa. E, através da festa, festa que é um símbolo, que é um marco que atrai muitos turistas para as ruas do Recife. É uma satisfação poder receber os turistas que acabam gastando em nosso Estado, gastando na cidade e gera oportunidade, gera renda. É um ciclo virtuoso do Carnaval”, disse ele, em entrevista durante o Café da manhã do Forte das Cinco Pontas, área central do Recife.

Novaes destacou, ainda, o esquema de segurança montado para a festa. “O Galo mais uma vez sai às ruas com muita alegria, a alegria de sempre, organizado, o Governo do Estado fazendo a sua parte, estruturando o evento. São mais de 4500 policias na rua, entre policiais civis, bombeiros e policiais militares”, complementou. 

O casal Dária Tenório e Filipe Kaynagua, de Maceió (AL), veio pela quinta vez ao desfile. “É fora de série. A gente se descola para cá por isso”, comentou Kaynagua. Já o carioca Roberto Jefferson veio ao Recife para prestigiar o Galo pela primeira vez. “Já ouvi falar muito (do bloco), queria muito vir. Estou gostando muito e com certeza vou voltar”, garantiu.  

O Galo term seis alegorias e 24 trios elétricos, nos quais se apresentamo artistas locais como Almir Rouche, André Rio e Nena Queiroga, e também nomes nacionais, a exemplo de Ela Ramalho, Fafá de Belém, Tony Garrido e Gaby Amarantos. São seis quilômetros de percurso, sob o embalo eletrizante dos ritmos carnavalescos pernambucanos. O Gigante do Carnaval ocupa ruas centrais e históricas da capital pernambucana, com concentração maior de público nos bairros de São José e Santo Antônio, e segue até 18h30. Estima-se que o público se mantenha acima dos dois milhões. 

Ordem do cortejo:

– Alegoria especial

– Clarins e trombetas, anunciando a chegada do Galo da Madrugada;

– Carro abre-alas, com passistas de frevo e o tradicional Galo tendo como inspiração a alegria de Léa Lucas, uma das foliãs mais icônicas do Carnaval do Recife;

– Alegoria “Frevo Mulher”, que carrega o tema do Carnaval 2019 e todas as referências da canção de Zé Ramalho, tendo como inspiração a cantora e compositora Amelinha, com ícones como a dama do paço e a Mulher do Dia;

– Alegoria “Pernambucana de Raça”, ilustrando a história de garra e resistência de Yane Marques e trazendo referência das corredoras da Grécia Antiga; 

– Alegoria “Ciranda de Lia”, narrando a história de Lia de Itamaracá com elementos como jangadas, coqueiros e a tradicional ciranda;

– Alegoria “Oh, Bela”, encerrando o desfile com a inspiração na canção “Oh, Bela”, de Capiba, fazendo referência à irreverência de Fabiana Karla.

Majestoso
Na Ponte Duarte Coelho, a escultura gigante do Galo observou o desfile. Neste ano, ele é chamado de “Galo artesão” e metade dele foi construído com restos de materiais utilizados no polo de confecções do Agreste pernambucano. A escultura tem 28 metros e pesa cinco toneladas.  

42º desfile do Galo da Madrugada

42º desfile do Galo da Madrugada

42º desfile do Galo da Madrugada

42º desfile do Galo da Madrugada

42º desfile do Galo da Madrugada

42º desfile do Galo da Madrugada

Paulo Câmara, Luciana Santos e Geraldo Julio prestigiam a concentração do GaloPaulo Câmara, Luciana Santos e Geraldo Julio
prestigiam a concentração do Galo

Mana Bernardes e Marcelo Jeneci, no 42º desfile do Galo da MadrugadaMana Bernardes e Marcelo Jeneci
no desfile do Galo

Yane Marques em carro alegórico no desfile do GaloYane Marques em carro alegórico
no desfile do Galo

As cantoras Margareth Menezes e Michele Melo no desfile do GaloAs cantoras Margareth Menezese Michele Melo
no desfile do Galo

Fotos: Arthur de Souza/ Folha de Pernambuco
>Da Folha de PE
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Sábado, 02 de Março de 2019 -17h28m)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>