Incêndio no CT do Flamengo deixa dez mortos

Um incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, que fica no bairro da Vargem Grande, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, deixou dez mortos e três feridos na madrugada desta sexta-feira (8). O Corpo de Bombeiros foi chamado por volta das 4h30 (horário do Recife) e ainda não tem informação sobre os nomes das vítimas.

As chamas atingiram a ala mais velha do CT do Flamengo, que servia de alojamento para as categorias de base e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. Os feridos foram levados para o hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, um deles em estado grave, o jovem Jonathan Cruz Ventura, de 15 anos, que entrou em cirurgia. Os outros dois encaminhados são Francisco Diogo Bento Alves, de 15 anos, e Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14, que é natural de Fortaleza (CE). 

A maior parte dos meninos que pernoitaram no CT nesta noite era de fora do Rio de Janeiro, uma vez que o treino desta sexta fora cancelado e os atletas do estado carioca foram liberados para casa.

O Ninho do Urubu havia ficado sem energia e sem telefone após a queda de uma árvore sobre a fiação do entorno, em decorrência das fortes chuvas que atingiram o Rio nos últimos dias. Cogita-se que uma vela possa ter dado início às chamas. Mas as causas, de fato, só serão confirmadas após perícia da Polícia Civil. 

Em nota, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro anunciou o cancelamento do Fla-Flu que aconteceria neste final de semana, pelo Campeonato Carioca. Já o governo do Rio adiantou que decretará luto oficial de três dias em homenagem às vítimas e seus familiares. 

Foto: Reprodução/ TV Globo
>Da Folha de PE
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Sexta, 08 de Fevereiro de 2019 -08h57m)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>