BBB 19 estreia terça com 18 integrantes e casa inspirada em Michael Jackson

Como já é tradição desde 2002, a Globo estreia terça-feira (15) mais uma temporada do Big Brother Brasil. Sob comando de Tiago Leifert, pelo terceiro ano consecutivo, a 19ª edição traz 18 participantes que disputam R$ 1,5 milhão.

A expectativa é grande: em alta, o programa teve média de 33 pontos de audiência na final da última edição (1 ponto na Grande SP equivale a 73.015 domicílios).

O apresentador Tiago Leifert conta que começou a se preparar um mês e meio antes do início da atração e ajudou na seleção. Para Leifert, o essencial é ser racional. “A gente nunca sabe antes de começar como será a química dos participantes. Gosto de pessoas que jogam com mais inteligência.”

Ele conta que a mulher, a jornalista Daiana Garbin, já se inscreveu para participar do BBB. Questionado sobre o que faria se ela se inscrevesse novamente, brinca: “Ela entra solteira [risos]”. O diretor, Boninho, afirma que um dos desafios da equipe é reformar o mesmo espaço 19 vezes. E diz que a nova moradia dos BBBs teve inspiração no cantor Michael Jackson – em junho, sua morte completa uma década.

A nova casa possui tons de bronze, cobre e dourado, o busto de um cavalo preto como decoração e almofadas de paetês. Há também bustos que representam cada participante. A principal novidade são os espelhos, irregulares para que os jogadores não identifiquem onde estão as câmeras. Nesta edição, os brothers receberão as estalecas (moeda usada no programa) individualmente. Mas os itens comprados serão destinados ao consumo de todos. Além disso, o uso de água será controlado, para que os jogadores não desperdicem.

A seleção dos novos participantes começou logo após o término do BBB 18, com análise dos vídeos de inscrição e seletivas em 12 cidades ao redor do Brasil. Neste ano, a emissora optou por escolher o elenco sem participação do público. São oito brothers do Sudeste, cinco do Nordeste, três do Sul, um do Norte e um do Centro-Oeste.

Reformulado na última edição, o sistema de votação continua a exigir cadastro, gratuito, no site da Globo.

Pelo segundo ano consecutivo, as ex-BBBs Vivian Amorim, Fernanda Keulla e Ana Clara vão fazer reportagens sobre os bastidores na internet, com as jornalistas Tati Machado e Tatá Dias. “O melhor de tudo é fazer um programa aos fãs do BBB, pois falamos a mesma língua”, diz Tati.

 

Confira todos os participantes do “BBB 19”:

Nova temporada do 'BBB' estreia dia 15 de janeiro

Foto: Divulgação

Alan
O primeiro participante da 19ª edição do Big Brother Brasil é Alan, de 26 anos, administrador e empresário de Criciúma, de Santa Catarina, que lembra João Zoli, diz que adora surfar, mandar nudes e só ficou duas semanas sem sexo na vida. Ele mora com a mãe, a irmã e quatro cachorros. “Sou mais de esportes que da noite.”

Carolina
Carolina, 33, é empresária, dona de uma agência de viagens e de um brechó, e representante de Salvador no reality show. “Sou carismática e bem humorada. [O que] Me irrita é lerdeza. Já tive que trabalhar isso com terapia”, adverte a ariana formada em publicidade. Carol diz se dar bem com todas as tribos e que a primeira coisa que quer fazer na casa do BBB é conhecer e “juntar a galera”. “Acho que vou ter um grupo lá para jogar junto”, diz. Carol diz ser apaixonada por esportes e acredita que isso irá a ajudar nas provas de resistência física. No entanto, o que mais irá sentir falta no confinamento é a praia e de ‘um belo banho de mar’. 

Danrley
Morador da Rocinha, na zona sul do Rio, o estudante de ciências biológicas Danrley, 19, diz ser estudioso e sonha ser professor, mas não perde uma boa balada e ama baile funk. O jovem se considera bem-humorado, mas diz ser competitivo e ter opiniões fortes, não fugindo de discussões. Segundo perfil divulgado pela Globo, Danrley mora com os pais e é o mais novo de quatro irmãos. “Filho da pílula que falhou”, brinca a mãe, que é auxiliar de serviços gerais e tem o único salário fixo da família. O pai tem um bar na comunidade. Danrley chegou a repetir o sexto ano na escola, mas hoje se diz estudioso. Atualmente dá aula particular de física e vende picolé na praia no final de semana.

Diego
Diego, 30 anos, é empresário de Curitiba e tem uma loja de móveis e sabe tudo sobre cavalos. O brother cria os animais da raça crioulo e é campeão brasileiro da categoria de Laço Comprido. O rapaz simples do interior promete promover barracos: “Não sou rico, comecei do nada com a minha loja de móveis, mas eu me incomodo muito com picuinhas. Se alguém teimar comigo, vou teimar com a pessoa também”, disse em vídeo de divulgação. 

Elana
A engenheira agrônoma Elana, 25, é de Bom Jesus, no sertão do Piauí, a 635 quilômetros da capital Teresina. Ela tem o sonho de cursar medicina. De personalidade forte, a moça promete agitar a casa e levar o calor de sua terra para dentro do reality. “Tenho garra e sou daquelas mulheres que não abaixam a cabeça”, conta. No programa da Globo, Elana quer se divertir e contagiar as pessoas com sua alegria.

E engana-se quem pensa que a maior influência de Elana para tentar uma vaga na casa veio dela mesma ou de amigos. Na realidade, quem mais a incentivou foram os próprios pais, dois apaixonados por BBB. Ela é filha de um pescador e de uma comerciante.
Para permanecer na casa, os trunfos de Elana deverão ser o bom papo, as habilidades na cozinha e a disposição para animar qualquer festa. Ela adora dançar forró. Solteira, a sister promete viver todas a experiências que puder. “Meus pais vão ficar decepcionados se eu me envolver com alguém na casa, mas avisei que não posso garantir nada”, diverte-se.

Fábio
O gaúcho Fábio, 27, tricampeão mundial de jiu-jítsu e candidato a galã da edição com quase 1,90 m de altura, 93 quilos e apenas 3% de gordura corporal. Filho único, ele mora na academia onde treina artes marciais, entre elas o jiu-jítsu, em que é faixa marrom, e o hapkido, arte marcial coreana especializada em defesa pessoal.

Ao GShow, Fábio diz que já ouviu críticas por seu estilo de vida: “Ah, o cara mora na academia? É vagabundo, não quer trabalhar nem estudar”. Para ele, significa se dedicar por completo ao esporte. Seu plano é chegar à faixa preta do jiu-jítsu, arte pela qual se apaixonou aos 4 anos, ao ver um filme de Bruce Lee ao lado do pai, André Alano. Desde então, ele quer ser o melhor lutador do mundo e no caminho passou também por kung fu e MMA. Ele diz querer vencer o reality para ajudar os pais e investir o dinheiro em uma carreira no UFC.

Gabriela
Artista plástica e produtora audiovisual por formação, Gabriela, 32, mora em Ribeirão Preto, no interior paulista, e trabalha como designer gráfica. Nas horas vagas dá oficinas de artes para crianças. Nascida na cidade de São Paulo, Gabriela contou em sua apresentação na Globo que foi adotada ainda bebê e que considera a mãe sua melhor amiga. Aos 21 anos, Gabriela quis conhecer os pais biológicos, mas o pai já era falecido. Ela, no entanto, diz acreditar ter herdado o DNA artístico, já que ele era sambista. Ela, que se diz animada e divertida, ainda não pensa em estratégias para o jogo, mas afirmou em entrevista à ex-BBB Ana Clara que deve iniciar o jogo sozinha, “sentindo, conhecendo as pessoas”. Ela ainda acredita que após meses de confinamento sentirá falta de um banho decente. 

Gustavo
Oitavo nome divulgado pelo BBB, o médico oftalmologista Gustavo, 37, é paulistano da zona leste, região que ama e não pretende sair. Ele conta ser viciado na atração e já se inscreveu mais de dez vezes. Agora, ele conseguiu realizar o sonho. “Enxergo o programa como uma prova de resistência, de estratégia”, diz ele, revelando preferir a atração do que uma namorada. “Namoro o programa há anos e nenhuma mulher me tiraria esse foco. O Big Brother Brasil é a minha prioridade e estou aqui para me desafiar”, afirma. E por falar em namorada, o oftalmologista terminou um relacionamento para entrar totalmente disponível no reality.

Hana
A youtuber carioca Hana Khalil, 22, vai sair da casa dos pais na Barra da Tijuca pela primeira vez para entrar na casa do Big Brother Brasil nessa 19ª edição. Por isso, passou os últimos dias antes do confinamento em um hotel, à espera da casa, ouvindo frases como “Hana, não esquece de levar isso!” e “Você já pegou seu pijama?!” de sua mãe, a empresária Cláudia.

“Ela foi uma criança feliz, alegre, artística. Gostava muito de aparecer. Mas na adolescência, ela me deu muito trabalho. Hana me deu muito mais trabalho que o irmão [Carlinhos] que é mais caseiro”, diz Cláudia, casada há 28 anos com o guitarrista e produtor cultural Robertinho do Recife. Seu canal no YouTube tem pouco mais de 46 mil inscritos e vídeos de temas polêmicos, como aborto, veganismo e direito dos animais. Aos poucos, aprende a lidar com os “haters”. Se ganhar o BBB, ela quer ter um santuário de animais. “Não só de cachorro e gato. Também quero ter um porco, um boi, vaca, um cavalo”. Luisa Mell é seu ídolo “máximo na vida”.

Hariany
Hariany Nathalia, 21, tem perfil e popularidade de celebridade. Com 108 mil seguidores em sua conta no Instagram, ela afirma que já ficou com três cantores sertanejos e que recebe mensagens de famosos nas redes sociais. Ela é a décima participante do BBB 19 a ser anunciada nesta quarta (9) pela Globo. 

“Vou voltar muito famosa! Esse é o meu principal objetivo: voltar e ver todo mundo da minha cidade me reconhecendo, deixar a minha cidade famosa. Ver um monte de gente chamando o meu nome. E também vai ser um up na minha carreira”, afirmou ela ao Gshow. 

Isabella
A 11ª pessoa a ser confirmada na casa do BBB 19 é a potiguar Isabella, 24. A beldade já foi Miss Natal e Miss Rio Grande do Norte. Na casa, ela deseja mostrar suas qualidades, que vão além de um rosto bonito. “Sou uma mulher que tem muita força de vontade, muita garra, muita determinação”, afirma. Apesar de ter uma personalidade explosiva, Isabella se considera muito sincera e fácil de lidar. O que a tira do sério é quando a acusam de algo que ela não fez. “Quem convive comigo sabe que sou uma pessoa paciente. Gosto de resolver mal-entendidos.”

Na vida pessoal, a modelo mora com a mãe e uma irmã, e tem dupla nacionalidade. Ela morou até os 7 anos na Itália e vai ao país pelo menos uma vez ao ano visitar seus avós e um meio-irmão. Isabella perdeu o pai há cinco anos. Agora, ela sonha em ser médica para satisfazer um desejo que também era dele. “A última vez que o visitei [o pai] no hospital, ele disse para as enfermeiras: ‘Ela vai ser médica’. Essa frase sempre me motivou.”

Maycon
O mineiro Maycon, 27, veio da pequena Piumhi, com cerca de 34 mil habitantes, para São Paulo para tentar a sorte. Queria ser modelo, mas acabou bartender, servente de pedreiro, chapeiro, entregador e vendedor de queijo. Agora estará na casa do BBB 19. “Eu vim para São Paulo para trabalhar como modelo, mas não era bem o que eu queria. Eu queria vender queijo porque dá dinheiro. O pessoal da minha cidade ganha muito”, explica.

Com o queijo em mãos, Maycon fica de segunda a sexta em frente a uma estação de metrô da capital paulista, além de aceitar encomendas. Em sua casa, segundo o GShow, são duas geladeiras cheias do produto, além de salames. Em cima dos outros móveis, ficam os biscoitos e doces que Maycon também vende. Na casa, pretende mostrar seu lado extrovertido. Com uma lista de “umas 12 namoradas”, quer quebrar o recorde de Diego Alemão, do BBB 7, e ficar com mais de duas pessoas na casa. Alemão formou o triângulo amoroso mais famoso do reality, com Iris e Fani. Em entrevista no quarto de hotel onde está confinado, disse estar ansiosa para “pular na piscina e usar o edredom”. “Para trocar de roupa, claro!”

Paula
Mineira de Lagoa Santa, Paula von Sperling, 28, mora em um sítio, adora ficar no meio do mato e já foi Miss Agropecuária. “Eu amo demais o mato, a terra. Vou sentir muita falta do cheirinho do esterco, mas vou dar conta! “, afirmou ao Gshow.  Seu maior xodó é a porca de estimação, Felipa, mas chamada carinhosamente de Pipa. Apesar dois 150 kg, ela é tratada com luxo, com direito a mamadeira e um lugarzinho na cama de Paula. Além dela, a jovem tem seis cachorros e já criou galinhas.  Formada em direito, Paula se considera meiga, calma e sincera, mas brinca que tem o dom de irritar as pessoas quando quer.

Rízia
De São Miguel dos Campos, uma cidadezinha de 55 mil habitantes em Alagoas, a jornalista Rízia, 24, é mais uma confirmada na casa doBBB 19. E a notícia caiu como uma verdadeira bomba para a mãe da sister, a dona Raimunda. Segundo depoimento dela ao GShow, a inscrição de Rízia foi mantida em segredo até uma semana antes de ela ser chamada. “Estou sentindo que uma parte de mim está saindo”, disse a mãe, emocionada.

Com um humor aguçado e vontade de se dar bem com as pessoas, a jornalista, que atualmente está desempregada, conta que tem tudo para se dar bem no reality. Mas não nas primeiras horas do dia. “Sou o bicho de manhã. Mas depois das 12h, viro gente”, brinca. A moça tem personalidade forte e luta contra o padrão de beleza do corpo perfeito. 

Rodrigo
Aos 40 anos, o carioca Rodrigo França tem uma lista longa de profissões: cientista social especializado em direitos humanos, dramaturgo, ator, articulador cultural, sócio de um food truck, professor e psicopedagogo. Agora, pode incluir participante do BBB no currículo. Morador da zona sul do Rio, Rodrigo diz que teve uma infância boa. “Não foi uma infância de luta, de passar fome. Meus pais batalharam muito para gente ter a melhor educação”, relembra.

Filho de um militar e de uma funcionária pública, Rodrigo é trigêmeo e, quando pequeno, usava uma pulseira com seu nome. “A minha mãe criou a gente a partir das nossas individualidades.” É frequentador da Praia do Abricó, praia de naturismo no Rio de Janeiro. “Não consigo mais me ver de sunga. O nu não é sexual. É bonito.” Naturalmente, não vê problemas em enviar nudes. “Sou de uma família que sempre lidou com o corpo, antes de saber que existia naturismo. Hoje, me enquadro nisso. Estou de roupa porque estou trabalhando.”

Tereza
A pernambucana de Arcoverde Tereza, 52, é mais uma das participantes do novo BBB 19. A psicanalista e técnica de enfermagem hoje está solteira, mas já foi casada em seis oportunidades. Uma delas, inclusive, com uma mulher. “Foi o relacionamento mais tranquilo que eu tive, com muito apoio. Eu nunca disse para ninguém da família que ela era minha companheira, mas todo mundo sabia. Eu sempre fui muito livre”, revela ao site do GShow.

Fora esse, Tereza conta que teve outros relacionamentos um tanto quanto difíceis. O primeiro aconteceu quando ela tinha 16 anos. Após um tempo, descobriu que o homem tinha uma outra família. Um outro casamento durou apenas quatro meses. Isso porque ela resolveu oficializar a união com só 20 dias de namoro. “Eu sofri tanto que decidi que a partir daquele momento, ninguém mais mandaria em mim”, diz.

A psicanalista é mãe de dois filhos. Uma curiosidade é que um deles sempre foi fanático pelo BBB e tentou por diversas vezes entrar na atração. Por ironia do destino, quem conseguiu foi a mãe. “Eu o ajudava, gravava as fitas e tudo. Mas em 2016 resolvi tentar. Dentro de mim, eu sempre quis participar do programa, mas achava que não conseguiria.”

Vanderson
Natural de Rio Branco, no Acre, Vanderson, 35, é biólogo e coordenador educacional indígena. Há 16 anos ele treina Aikidô, dá aulas e diz que é o único Sensei da arte marcial do seu estado. Porém, ele conta que não é de briga. “Se não conseguir convencer a pessoa, pelo menos consigo fazer com que ela se cale. Tenho preguiça de gente sonsa, mas não sou treteiro. Não sou agressivo, sou fofinho.”

Criado apenas por mulheres, Vanderson é muito sossegado. “Acredito que, por ter sido criado só por mulheres, eu tenha uma visão mais aberta sobre muitos assuntos”, revela. O pai dele não foi presente durante a sua vida. O biólogo também tem outras peculiaridades. Além de tocar o instrumento ukulelê, gosta de fazer crochê ouvindo de Chico Buarque a Motorhead. Faz também doutorado na Universidade Nacional de Rosário, em Buenos Aires. Só há uma coisa que o tira do eixo: picuinha. “Não gosto de conversa mole, gente que vende uma história que não é. Olha, de verdade, eu não sou muito de ficar quietinho, não”, conclui. 

Vinícius
O artista plástico Vinicius, 40 anos, nasceu em São Paulo, mas por viver em Belo Horizonte (MG) desde os oito anos se considera mais de lá do que de cá. Hiperativo e impulsivo, o rapaz afirma que não tem papas na língua nem pensa muito antes de falar as coisas, o que pode ser ruim dentro da casa.

Por outro lado, ele quer entrar no BBB para buscar autoconhecimento e experiência de vida. “Acho que vou ser a alegria desse BBB”, afirma. Pai de uma menina que nasceu quando ele tinha 17 anos, adora música eletrônica e frequenta festas e baladas justamente com a moça, que hoje trabalha como DJ na cidade. A menina, aliás, de acordo com Vinicius, foi concebida em pouco mais de um minuto dentro de um elevador. A relação de ambos é ótima. A animação ele quer levar para o BBB. Ele é tão animado que, em 2003, ganhou um prêmio de uma casa noturna como o cara que mais animava a pista de dança.

Fotos: Jose Britto/ Folha de Pernambuco
>Da Folha de PE e Fofocas da TV do Forrozão Sertanejo da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; *Sábado, 12 de Janeiro de 2019 -17h29m)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>