Bolsonaro quer cerimônia mais curta e ato religioso inédito na posse

O O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), quer uma cerimônia mais curta e um ato ecumênico inédito na Catedral de Brasíliapara celebrar sua posse em 1º de janeiro de 2019. Assessores de Bolsonaro afirmam que o esquema de segurança e o tempo de duração do evento são hoje as principais preocupações da equipe. Isso porque Bolsonaro terá passado por…

Leia Mais