Em partida válida pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico foi até São Luís, no Maranhão, precisando vencer o Sampaio Corrêa para voltar a encostar no G4 e seguir na briga pelo acesso à Série A. Não deu certo! Com seis modificações promovidas por Alexandre Gallo, o timbu até conseguiu ficar na frente da Bolívia Querida no marcador, mas acabou sofrendo um apagão no segundo tempo e levou a virada, sendo derrotado por 4×3. O resultado deixa os alvirrubros na 8ª colocação, com os mesmos 31 pontos. O time maranhense segue na lanterna, agora com 17 pontos, encerrando a sequência de nove jogos sem vencer no certame.

O JOGO

Após o apito do árbitro, foi o Náutico quem iniciou o jogo pressionando. O Timbu passou a buscar espaços na zaga do Sampaio Corrêa para abrir vantagem na casa do adversário. Pouco expressivo, o time maranhense não assustou nos minutos iniciais. Bom para os pernambucanos, que aos 16 minutos abriram o placar.

Vinícius tabelou com Rony e mandou uma bomba no ângulo da meta maranhense, sem chances para o goleiro Rodrigo Ramos fazer a defesa. A partir deste momento, os alvirrubros assumiram o controle do jogo, limitando os espaços para o Sampaio avançar. Os donos da casa, inclusive, tentaram aumentar a velocidade dos ataques, mas não conseguiram assustar.

Os pernambucanos só esqueceram de um detalhe: Pimentinha. Melhor do jogo pela equipe do Sampaio, o atacante deixou tudo igual aos 35 minutos. Tássio avançou em velocidade e encontrou Pimentinha nas costas de Joazi. Ele invadiu a área sozinho e bateu cruzado, impossibilitando a defesa de Rodolpho. O tento fez a Bolívia Querida voltar a crescer na partida, e Pimentinha ainda assustou nos minutos finais da primeira etapa. Num lance parecido com o primeiro, ele invadiu a área e chutou cruzado, mas desta vez o arqueiro alvirrubro não deixou passar.

A pausa para o intervalo parece ter feito bem aos pernambucanos, ao menos no início da partida. Sem abrir espaço para o Sampaio continuar com a reação, Vinícius tratou de deixar o Náutico na frente mais uma vez. Em dia de artilheiro, o meia aproveitou o cruzamento de Jefferson Nem e, com um toquinho, deixou a bola no fundo do gol. Era a virada alvirrubra.

Embora o time maranhense ainda buscasse o empate, a partida ficou morna após o segundo gol do Náutico. A entrada de Hugo no lugar de Hayner chegou a dar velocidade ao time alvirrubro, mas o Timbu pouco agrediu na etapa final. O jogo caminhava para uma vitória alvirrubra, até que, em lance duvidoso, o juiz marcou pênalti para o Sampaio em cima de Pimentinha. Elias bateu e converteu, empatando o jogo mais uma vez.

Menos de dois minutos depois, mais um pênalti, mais uma vez sobre Pimentinha. Elias fez o segundo dele na partida e o terceiro dos maranhenses no jogo. Foi o suficiente para desestabilizar os alvirrubros, que acabaram perdendo a bola e cedendo um contra-ataque para os adversários, que não desperdiçaram. Gustavo Marmentini encontrou Jean Carlos na velocidade e cruzou para Pimentinha, o nome do embate, que mandou pro gol mais uma vez e fez o 4º gol do Sampaio. Ainda sobrou tempo para o Náutico diminuir. O zagueiro Igor Rabello foi ajudar no ataque e deixou o dele. Aproveitando o cruzamento de Rony, ele mandou a bola para o mundo das redes. Mas já era tarde demais, e o Sampaio Corrêa conseguiu a vitória após uma sequência de nove partidas sem vencer na Série B.

FICHA DO JOGO

-Sampaio Corrêa 4
Rodrigo Ramos; Eder Sciola,Wagner Fogolari, Guilherme e Renan Luís; Diogo Orlando,Tássio, Enercino (Jean Carlos) e Rayllan (Gustavo Marmentini); Elias e Pimentinha. Técnico: Flávio Araújo.
-Náutico 3
Rodolpho; Joazi (Yuri Mamute), Igor Rabello, Adalberto e Gastón; Negretti, Maylson (Rodrigo Souza) e Vinícius; Rony, Jefferson Nem e Hayner (Hugo). Técnico: Alexandre Gallo.
-Gols
Vinicius (aos 16min do 1T. N), Pimentinha (aos 35min do 1T. SC), Vinícius (aos 2min do 2T. N), Elias (aos 26min e 28min do 2T. SC), Pimentinha (aos 30min do 2T. SC) e Igor Rabello (aos 37min do 2T. N).
-Cartões amarelos
Rayllan (S); Joazi e Adalberto (N).
-Público
2.769 pessoas
-Renda
R$ 15.620
-Árbitro
Caio Max Augusto Vieira (RN).
-Assistentes
Flávio Gomes Barroca e Vinícius Melo de Lima (Ambos do RN).
-Local
Estádio Castelão (São Luís/MA).

MELHORES MOMENTOS

https://youtu.be/Af03BwrmFyU

PRÓXIMOS QUATRO JOGOS DO NÁUTICO

-24ª Rodada -10 de Setembro (Sábado)

-16h30 -Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
>Náutico x Bahia

-25ª Rodada -13 de Setembro (Terça)

-19h15 -Arena Joinville (Joinville/SC)
>Joinville x Náutico

-26ª Rodada -17 de Setembro (Sábado)

-16h30 -Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
>Náutico x Paysandu

-27ª Rodada -24 de Setembro (Sábado)

-16h20 -Durival Britto (Curitiba)
>Paraná x Náutico

—-

>Da Folha de PE e Show de Bola da Orobó FM
>Via Dep. de Jorn. da Orobó FM, (Eraldo Albuquerque -Orobó; Sábado, 03 de Setembro de 2016 -23h04m)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *